Flávia Saraiva cai da trave e fica em quinto na ginástica

Ginasta brasileira deixou a final do aparelho na quinta colocação ao somar a nota de 12.300 pontos

Flávia Saraiva é uma das que tem vaga garantida em Tóquio-2020Flávia Saraiva é uma das que tem vaga garantida em Tóquio-2020 - Foto: Divulgação

A brasileira Flávia Saraiva, esperança da ginástica brasileira pela conquista da 50ª medalha em Jogos Pan-Americanos, caiu da trave de equilibro e ficou na quinta colocação da final do aparelho nesta quarta-feira (31).

Última atleta a competir, Flavia apresentou uma série com alto grau de dificuldade, porém cometeu erros de execução. Ela se desequilibrou logo no começo da apresentação e depois chegou a cair do aparelho. As duas falhas fizeram com que a brasileira terminasse a prova na quinta colocação, com 12.300 pontos. Na fase classificatória, ela somou 12.900 pontos, nota suficiente para avançar à final do aparelho. No individual geral, no qual conquistou a medalha de bronze, Flávia diminuiu os erros e recebeu nota 13.500. Se tivesse repetido a marca, teria conquistado a medalha de bronze.

Enquanto aguardava a sua vez de entrar em ação, Flavinha viu as primeiras atletas que se apresentaram, Ariana Orrego (Peru) e Danusia Francis (Jamaica), caírem da trave. Uma das principais adversárias da ginasta brasileira no aparelho, a norte-americana Riley Cusker, classificada para a final com nota de 14.200, se desequilibro no aparelho e sofreu uma queda na aterrissagem. As falhas deram a ela nota de 13.333.

Na apresentação seguinte, foi a vez da favorita e também norte-americana Kara Eaker, competir. Com uma apresentação segura, que valeu nota de 15.266, ela jogou toda a responsabilidade para a brasileira, que subiu na trave em sequência.

Leia também:
Meligeni cumpre promessa e vibra com sobrinha no Pan
Chico Barretto leva mais um ouro para a ginástica no Pan

Salto
Paralelamente à competição da trave, o brasileiro Luis Guilherme Porto buscava uma vaga no pódio no salto sobre a mesa. Com a nota de 13.650, ele ficou na sétima colocação.

No masculino, o Brasil ainda disputa nesta quarta-feira as finais de barra fixa, com Arthur Nory e Chico Barretto; e nas barras paralelas, com Caio Souza e Chico Barretto. No feminino, Flavinha Saraiva e Thais Fidelis ainda competem no solo. Após as apresentações desta quarta-feira, a ginástica se despede dos Jogos Pan-Americanos de Lima.

Veja também

Carrefour anuncia fundo de R$ 25 milhões para combate ao racismo no país
Beto Freitas

Carrefour anuncia fundo de R$ 25 milhões para combate ao racismo no país

Estudo da Coronavac no Brasil chega à fase final com número mínimo de infectados
vacina

Estudo da Coronavac no Brasil chega à fase final com número mínimo de infectados