Força-tarefa resgatou o Santa do abismo

Aliança entre dirigentes, atletas e comissão técnica ajudou Tricolor a ressurgir em briga pela classificação na Série C

Executivo de futebol Luciano Sorriso e presidente Constantino Júnior na entrevista coletiva do Santa CruzExecutivo de futebol Luciano Sorriso e presidente Constantino Júnior na entrevista coletiva do Santa Cruz - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O Santa Cruz conseguiu uma verdadeira guinada na reta final da Série C. Há cerca de um mês, a equipe agonizava na tabela de classificação. Estava há quatro jogos sem vencer e problemas internos vinham à tona. Princípios de crise dentro e fora do campo. E o sonho do acesso à Segundona cada vez mais longe. Foi aí que uma verdadeira "força-tarefa coral" entrou em ação. Encabeçada pelo presidente Constantino Júnior e pelo executivo de futebol Luciano Sorriso, os dirigentes conseguiram formar uma aliança entre atletas e comissão técnica. Os resultados positivos começaram a aparecer. Nos últimos 30 dias, após quatro duelos disputados, o time somou duas vitórias e dois empates, deixando o Tricolor com boas chances de ir às finais do torneio.

Leia também:
Augusto vira peça essencial na retomada do Santa Cruz
Santa deve ter retorno de Dudu no ataque contra o Náutico

Precisando vencer fora, Santa decepciona como visitante
[Vídeo] Assista aos melhores momentos de Santa 2x1 Globo
Fator sorte pode ser aliado do Santa para a classificação
Náutico pode poupar pendurados contra o Santa

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, quando a situação começava a ficar mais complicada para o time, a diretoria assumiu a responsabilidade. Houve reuniões frequentes entre o presidente, Sorriso, o técnico Milton Mendes, elenco e comissão técnica. A meta era aparar as arestas que surgiram no mau momento, acalmar os ânimos e melhorar as relações na equipe. Alguns membros do departamento de futebol cogitaram entregar o cargo depois dos tropeços em casa contra Ferroviário (0x2) e Treze/PB (1x1), mas foram demovidos da ideia pela diretoria. O ex-presidente Antônio Luiz Neto também teria participação na recuperação do time, ao buscar contribuintes que pudessem prover o "bicho" entregue aos atletas após os resultados positivos.

No momento, o Santa Cruz é o quinto colocado do Grupo A da Série C, com 25 pontos, mesma pontuação do Confiança/SE, na quarta posição, e Imperatriz/MA, que está em terceiro. Para se garantir nas finais, o Tricolor precisa vencer o Náutico no próximo sábado (24), nos Aflitos, e torcer por um tropeço de uma das duas equipes. Em hipóteses mais otimistas, a Cobra Coral pode até avançar de fase com um empate diante do Timbu. Para isso, seria preciso uma derrota do Imperatriz/MA diante do Sampaio Corrêa/MA e torcer para que o Ferroviário/CE, sexto lugar, com 24 pontos, empate com o Confiança/SE. Além disso, o Botafogo/PB não poderia vencer o Treze/PB. Para quem estava quase eliminado, os últimos 30 dias marcaram uma verdadeira ressurreição tricolor.

Veja também

Martelotte e dois jogadores do Santa Cruz testam positivo para a Covid-19
Futebol

Martelotte e dois jogadores do Santa Cruz testam positivo para a Covid-19

PSG fica sem Neymar, mas vence Basaksehir pela Liga dos Campeões
Futebol

PSG fica sem Neymar, mas vence Basaksehir pela Liga dos Campeões