Jogos Escolares do Recife voltam à ativa e repaginados

Após quatro anos, Jogos Escolares do Recife retomam funcionamento com novidades, entre elas, a inclusão de festivais

PCR também anunciou capacitação de professores e gestores acerca da prática da educação física PCR também anunciou capacitação de professores e gestores acerca da prática da educação física  - Foto: Marcos Pastich/pcr imagem

Parados desde 2013, os Jogos Escolares do Recife retornam neste ano em novo formato. O evento, que tem por objetivo preencher a importantíssima lacuna do incentivo à prática esportiva nas instituições de ensino da rede municipal, foi lançado ontem à tarde, na sede da Prefeitura do Recife, através das secretarias de Turismo, Esportes e Lazer e de Educação. Na ocasião, foram anunciadas ainda outras iniciativas relacionadas ao chamado Programa de Esporte Educacional, como a capacitação de gestores e professores.

Os Jogos em si acontecerão entre os dias 25 de setembro e 28 de novembro. Antes, porém, os alunos terão a oportunidade de sentir o gostinho das competições em uma série de festivais que servirão de vitrine para o evento. “Os festivais serão um aperitivo para incentivar as crianças e jovens a se inscreverem nos Jogos”, contou a gestora de Turismo, Esportes e Lazer, Ana Paula Vilaça. No total, serão seis festivais, distribuídos de forma que atendam a todas as Regiões Político-Administrativas (RPA) do município - as RPAs são espécies de microrregiões dentro do Recife.

O primeiro festival acontece amanhã, na unidade do Compaz do Alto Santa Terezinha, das 8h às 13h. No dia 25, o festival será no Compaz do Cordeiro. O terceiro, no dia 31, será no Sport Club do Recife, parceiro social da Prefeitura. No dia 8 de junho, as atividades acontecem na unidade da Uninassau na Boa Vista, também parceira. O Geraldão será o palco do quinto festival, no dia 14 de junho. E o encerramento terá como palco o Centro Social Bidu Krause, no Totó, no dia 22 de junho.

As modalidades oferecidas nos festivais serão as mesmas dos Jogos: vôlei, handebol, atletismo, badminton, natação, fustal e queimado, sendo as duas últimas as mais praticadas atualmente nas escolas da rede municipal segundo levantamento dos responsáveis pela promoção do evento - a distribuição no festival dependerá da estrutura de cada pólo para a atividade. Os alunos podem se inscrever na própria escola ou nos locais das atividades.

Já para os Jogos, as inscrições terão início somente em agosto, do dia 1º ao dia 31, com quatro categorias disponíveis: Pré-Mirim (10 e 11 anos), Mirim (12 a 14), Infantil (15 a 17) e Pessoas com Deficiência. A expectativa é reunir cerca de 1.500 alunos das 36 escolas que têm turmas de Anos Finais do Ensino Fundamental. Entre os atrativos está o fato de os vencedores de cada modalidade terem vaga garantida na edição 2018 dos Jogos Escolares de Pernambuco (JEPs), que são ligados aos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs), promovidos pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Formação

Através de uma parceria do Programa de Esporte Educacional com o Instituto Esporte Educação (IEE), da ex-jogadora de vôlei Ana Moser, cerca de 100 professores e gestores da rede municipal participarão de três cursos de capacitação. As aulas visam atualizar os profissionais acerca das dinâmicas e ferramentas praticadas no ensino da educação física nas escolas.

Veja também

'Sempre fomos competitivos', afirma Jair Ventura ao completar cinco meses de Sport
Sport

'Sempre fomos competitivos', afirma Jair Ventura ao completar cinco meses de Sport

Chelsea demite técnico Frank Lampard e Tuchel é o mais cotado para a vaga
Futebol Internacional

Chelsea demite técnico Frank Lampard e Tuchel é o mais cotado para a vaga