Lewis Hamilton vence GP do Canadá após punição a Vettel

Tetracampeão do mundo foi penalizado por ter fechado Hamilton contra uma mureta no momento em que retomava o controle de seu carro após cometer um erro e passar por cima da grama

Hamilton herdou vitória após Vettel ser punidoHamilton herdou vitória após Vettel ser punido - Foto: Mark Thompson/Getty Images North America/AFP

O piloto britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o GP do Canadá neste domingo (9) graças a uma punição de cinco segundos aplicada ao alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que cruzou a linha de chegada em primeiro mas acabou a prova em segundo com seu companheiro de equipe monegasco Charles Leclerc em terceiro.

O tetracampeão do mundo foi penalizado por ter fechado Hamilton contra uma mureta no momento em que retomava o controle de seu carro após cometer um erro e passar por cima da grama. Essa foi a quinta vitória na temporada de Lewis Hamilton, que com o resultado se manteve na liderança do campeonato.

Leia também:
Vettel supera Hamilton e conquista pole do GP do Canadá
Hamilton sofre, mas vence em Mônaco

"Não, não, não, assim não, lamentou Vettel via rádio logo após o fim da corrida. "Tem que ser cego para achar que dá para sair da grama e controlar para onde a gente vai (...) É injusto!"

Em seguida o alemão não participou da tradicional entrevista após as provas. E em um momento inusitado ele até deslocou a placa que marcava a posição do carro vencedor, do carro de Hamilton para o local onde seu carro deveria estar e colocou a placa com o número "2" na frente do carro do britânico.

"É claro que não é dessa forma que eu queria ter vencido, reagiu o piloto da Mercedes. Eu pressionei até o final para tentar ultrapassá-lo. É uma pena mas é da corrida. Você não é obrigado a voltar imediatamente à trajetória" depois de sair da pista, acrescentou ele. Apesar de tudo, Hamilton convidou seu adversário a subir para o primeiro lugar do pódio.

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) e o holandês Max Verstappen (Red Bull), menos bem colocados do que estão acostumados no grid (6° e 9° respectivamente), terminaram em 4° e 5° na frente das Renault do australiano Daniel Ricciardo e do alemão Nico Hülkenberg.

O francês Pierre Gasly (Red Bull), o canadense Lance Stroll (Racing Point) e o russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) completam o Top 10. Bottas conquistou o ponto de melhor volta da corrida.

Classificação do Grande Prêmio de Fórmula 1 do Canadá, no circuito Gilles-Villeneuve (4,361 km) em Montreal:

1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) correu os 305,270 km em 1h 29:07.084
2. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) a 3.658 *
3. Charles Leclerc (MON/Ferrari) a 4.696
4. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 51.043
5. Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda) a 57.655
6. Daniel Ricciardo (AUS/Renault) a 1 volta
7. Nico Hülkenberg (ALE/Renault) a 1 volta
8. Pierre Gasly (FRA/Red Bull-Honda) a 1 volta
9. Lance Stroll (CAN/Racing Point-Mercedes) a 1 volta
10. Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Honda) a 1 volta
11. Carlos Sainz Jr (ESP/McLaren-Renault) a 1 volta
12. Sergio Pérez (MEX/Racing Point-Mercedes) a 1 volta
13. Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo Racing-Ferrari) a 1 volta
14. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) a 1 volta
15. Kimi Räikkönen (FIN/Alfa Romeo Racing-Ferrari) a 1 volta
16. George Russell (GBR/Williams-Mercedes) a 2 voltas
17. Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) à 2 voltas
18. Robert Kubica (POL/Williams-Mercedes) à 3 voltas

* Vettel foi punido com 5 segundos

Melhor volta da corrida: Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) 1:13.078 na 69ª volta (média: 214,833 km/h)

Abandonos:
Lando Norris (GBR/McLaren-Renault): problema mecânico na 8ª volta
Alexander Albon (TAI/Toro Rosso-Honda): problema mecânico na 59ª volta

Veja também

Andrés diz que o goleiro Cássio fica no Corinthians
Futebol

Andrés diz que o goleiro Cássio fica no Corinthians

Experimentar ou repetir? Martelotte se vê cercado de opções
Santa Cruz

Experimentar ou repetir? Martelotte se vê cercado de opções