Liga das Nações: Brasil derrota o Japão por 3x1

Seleção venceu por 25/17, 25/19, 20/25 e 25/22, nesta terça (11), na quarta semana da Fase Classificatória

Lance de Brasil x Japão, na Liga das Nações 2019Lance de Brasil x Japão, na Liga das Nações 2019 - Foto: Divulgação/FIVB

Mais um 3x1 na conta da seleção brasileira feminina de vôlei na Fase Classificatória da Liga das Nações 2019. Na manhã desta terça-feira (11), a equipe comandada por José Roberto Guimarães bateu o Japão, em Tóquio, com parciais de 25/17, 25/19, 20/25 e 25/22 , e foi a 22 pontos nesta primeira fase do torneio - resultado importantíssimo porque o Japão poderia encostar no Brasil caso vencesse. Foi o quinto 3x1 das brasileiras, que têm sete vitórias e três derrotas até o momento. As maiores pontuadoras do duelo foram a oposta brasileira Paula Borgo e a ponteira japonesa Sarina Koga, ambas com 26 pontos. A partida abriu a quarta semana da Fase Classificatória, na qual o Brasil enfrenta ainda a Tailândia, às 3h40 desta quarta-feira (12), e a Sérvia, às 3h40 da quinta (13).

Jogo
Com um excelente aproveitamento no ataque, a seleção nacional foi superior, dominou os dois primeiros sets e parecia caminhar para um 3x0 até certo ponto tranquilo. Apesar do saque eficiente e do bom sistema defensivo japonês, as brasileiras faziam um jogo sólido, mas acabaram saindo do trilho na terceira parcial. Com muitas variações e mais precisas nas viradas de bola e nos contra-ataques, as japonesas cresceram na partida, enquanto a seleção verde-amarela perdeu o compasso e o set.

As donas da casa mantiveram o ritmo e iniciaram a quarta parcial pontuando em sequência. Quando abriram 4/1, José Roberto Guimarães lançou a jovem Julia Bergmann no lugar de Amanda - nesta semana ele não conta com Tainara, que vem fazendo boas apresentações quando acionada. O problema, no entanto, foi a dificuldade para pontuar em sequência. Curiosamente, quem conseguiu "destravar" o placar verde-amarelo foi a levantadora Macris, com bolas de segunda e bons saques que fizeram a seleção diminuir a diferença. O time voltou a defender melhor e, em um bloqueio de Bia, conseguiu empatar em 15/15. Após trocarem pontos, o Brasil virou no 20/19, novamente com Bia. Depois disso, as brasileiras engrenaram e conseguiram fechar o set e o jogo.

Veja também

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite
Futebol

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês
Futebol

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês