Mais uma dobradinha na ginástica do Brasil no Pan-Americano

Chico Barretto conquistou o ouro e Arthur Nory a prata na melhor campanha do Brasil em Jogos Pan-Americanos

Arthur Nory e Chico Barretto fizeram outra dobradinha verde e amarelaArthur Nory e Chico Barretto fizeram outra dobradinha verde e amarela - Foto: Divulgação / CGB

Nesta quarta-feira (31), os ginastas Chico Barretto e Arthur Nory fizeram mais uma dobradinha para o Brasil nos jogos Pan-Americanos, desta vez na barra fixa. O bronze ficou com o cubano Huber Godoy.

Chico é o mais velho da equipe e fez a última apresentação do dia. Com a nota de 14.566, o paulista que já tinha conquistado o ouro no cavalo com alças volta ao Brasil com três ouros para o filho de 2 anos, Chiquinho.

Nory foi o terceiro ginasta a se apresentar e quando saiu do aparelho comemorou, pois sabia que tinha grandes chances de conquistar uma medalha. Durante toda a competição, o brasileiro não escondeu que a barra fixa foi o aparelho que ele mais treinou e era seu principal objetivo individual.

A primeira vez que o Brasil tinha colocado dois ginastas nos lugares mais altos do pódio foi na última segunda-feira, no individual geral com Caio Souza e Arthur Nory. A delegação de ginástica artística do País sai de Lima com onze medalhas, é a melhor atuação do País na história da competição. 

Leia também: 

Flavia Saraiva conquista medalha de bronze no solo da ginástica

Flávia Saraiva cai da trave e fica em quinto na ginástica

Chico Barretto leva mais um ouro para a ginástica no Pan

Chico Barretto ganha ouro para a ginástica do Brasil

Equipe brasileira de ginástica é ouro no Pan de Lima 

Veja também

Bolsonaro diz não mandar na Anvisa, mas que agência não vai correr para liberar vacina
Coronavírus

Bolsonaro diz não mandar na Anvisa, mas que agência não vai correr para liberar vacina

Novo plano nacional da primeira infância quer mais envolvimento de empresas e do Judiciário
governo

Novo plano nacional da primeira infância quer mais envolvimento de empresas e do Judiciário