Marca Cobra Coral supera meta e apresenta faturamento positivo

O Santa Cruz divulgou o balanço do seu próprio produto, fabricado pela empresa Bomache, após três meses no mercado

Camisa Cobra CoralCamisa Cobra Coral - Foto: Santa Cruz/divulgação

Na reunião do Conselho Deliberativo, o Santa Cruz apresentou um balanço das vendas de camisa da marca própria Cobra Coral, lançada no dia 12 de maio deste ano. Há pouco mais de três meses no mercado, cerca de 13 mil peças foram faturadas, superando a meta estabelecida pelo departamento de marketing do clube, que era alcançar 10 mil em 90 dias. Até agora, o lucro líquido é de R$ 476 mil.

Leia também:

Santa Cruz está perto de superar meta de vendas de camisas

O Santa é um dos poucos times do Brasil que apostou em ter seu próprio material esportivo, com a fabricação da empresa Bomache, de Fortaleza. Hoje, a estratégia também é adotada por Paysandu/PA, Juventude/RS, Fortaleza/CE, Joinville/SC e Treze/PB. A nova era está surtindo efeito no Arruda após o rompimento com a fornecedora Penalty, encerrando uma parceria que durou nove anos.

“O clube tem o seu produto e uma marca própria. A Cobra Coral é um patrimônio intelectual do Santa Cruz”, declarou Alexandre Dalla Berbardini, diretor comercial da Bomache, em entrevista ao site oficial do clube.

Os uniformes estão à venda nas lojas oficiais do clube, no Arruda e no Shopping Tacaruna, e em outros pontos de venda, como na Centauro e Carol Esportes. A variedade do produto também é um dos pontos positivos. São três modelos, sendo uma profissional, que custa R$ 219; uma do torcedor, com o preço de R$ 199; e outra mais popular, no valor de R$ 99. Além de camisas, outros produtos da marca própria Cobra Coral foram confeccionados, como as linhas casuais.  

Veja também

Verstappen supera Hamilton e vence GP dos 70 anos da Fórmula 1
FÓRMULA 1

Verstappen supera Hamilton e vence GP dos 70 anos da Fórmula 1

Artilheiro do Sport no ano, Elton vê disputa "acirrada" por posição no ataque
Sport

Artilheiro do Sport no ano, Elton vê disputa "acirrada" por posição no ataque