Mauro alfineta estratégia de Roberto e vê final em aberto

Para o treinador do Central, esconder a escalação momentos antes da final é uma medida ultrapassada

Veterano comandante da Patativa exaltou atuação dos seus atletasVeterano comandante da Patativa exaltou atuação dos seus atletas - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O Central não conseguiu fazer valer o mando de campo no primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano e ficou no 0x0 com o Náutico. A decisão ficou em aberto e a taça será decidida no próximo domingo (8), na Arena de Pernambuco. Contudo, apesar do jogo decisivo acontecer em território adversário, o comandante da equipe caruaruense não vê o Timbu à frente do alvinegro.

Leia também:
Roberto Fernandes rechaça favoritismo do Náutico
Central e Náutico não saem do 0x0 e decisão fica em aberto
Roberto Fernandes 'surpreende' com escalação para a final

"Foi um jogo difícil, estudado. A dificuldade ia ser imensa, até pela campanha dos dois times. Eu tinha dito para os jogadores que o campeonato não ia ser decidido hoje, ia ser na Arena. E é um jogo muito equilibrado, muito difícil. Os números são todos muito parecidos. O equilíbrio dessas duas equipes é grande. É um jogo que não tem nenhum time que se possa dizer que é favorito", analisou.

"Vai ser um título decidido nos detalhes mesmo, no próximo domingo. Estão de parabéns os jogadores do Central, porque fizeram uma partida muito equilibrada, até porque o Náutico talvez tenha sido o time que mais evoluiu no Brasil. Alguma coisa diferente nós vamos fazer. Ninguém teve vantagem hoje, nem terá na próxima partida", projetou o experiente técnico, que ainda cutucou a estratégia de Roberto Fernandes, de ter escondido a escalação do Náutico até os últimos momentos possíveis.

"Isso é coisa de antigamente, quando se amarrava cachorro com linguiça. Ninguém engana mais não. Não preciso esconder o time de vocês e não vou mentir uma escalação que vou fazer", assegurou Mauro Fernandes, que se mostra otimista quanto ao desempenho da Patativa no duelo decisivo.

"Tenho certeza que o Central tem tudo para sair vencedor e ser campeão na Arena de Pernambuco. Acho que vai ser um jogo muito estudado novamente, porque quem tomar um gol vai ser desesperado para o empate e pode tomar um segundo gol. Ninguém aqui pode cravar um resultado", reforçou.

Veja também

No retorno aos ringues, Tyson empata com Roy Jones Jr.
Boxe

No retorno aos ringues, Tyson empata com Roy Jones Jr.

Com arbitragem polêmica, Náutico perde para o Juventude e se afunda no Z4
Série B

Com arbitragem polêmica, Náutico perde para o Juventude e se afunda no Z4