Max Verstappen supera Mercedes de Hamilton e conquista 1ª pole da carreira

Holandês fez o melhor tempo da última etapa da classificação, com 1min14s572

Max Verstappen conquistou a Pole PositionMax Verstappen conquistou a Pole Position - Foto: Andrej ISAKOVIC / AFP

Na manhã deste sábado (3), os carros da Fórmula 1 entraram na pista do circuito Hungaroring para o treino classificatório para o GP da Hungria. O holandês Max Verstappen fez o melhor tempo da última etapa da classificação, com 1min14s572 e conquistou a primeira pole position da carreira.

O piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, fez um bom tempo, mas foi superado pelo companheiro de equipe, Valtteri Bottas, que fez 1min14s590. Com o tempo de 1min14s769, o inglês larga na terceira posição. O Grande Prêmio da Hungria será realizado na manhã deste domingo (4), às 10h10 (horário de Brasília).

No início do Q1, apenas os carros da Williams e Racing Point entraram na pista e Russel começou com o melhor tempo: 1min18s143. Em seguida, as Ferraris assumiram a liderança com Leclerc e Vettel. Mas não durou muito. Assim que Verstappen foi para o circuito, ele assumiu a ponta com 1min15s817.

Leia também:
F1: Pilotos da McLaren renovam para a próxima temporada
F1: GP do Brasil tem queda de braço entre Rio e São Paulo
Ingressos para o GP do Brasil 2019 já estão à venda

Depois de fazer um bom tempo, Leclerc, que errou na última curva, escorregou na entrada da reta, rodou na pista e chocou a traseira na barreira de pneus. O piloto ainda conseguiu levar o carro para os boxes. Giovinazzi e Stroll se encostaram na curva cinco e o incidente será investigado pelos comissários da Fórmula 1.

Nos instantes finais, George Russel, da Williams, fez uma bela volta e quase partiu para o Q2, mas acabou superado pelos carros mais rápidos da Renault, Alfa Romeo e Toro Rosso. Os eliminados nesta primeira etapa foram Russel, Sergio Pérez, Daniel Ricciardo, Lance Stroll e Robert Kubica.

Assim que a bandeira verde para o Q2 foi erguida, os mecânicos da Ferrari conseguiram dar um jeito no carro de Charles Leclerc e o piloto conseguiu ir para a pista novamente. As Mercedes com Valtteri Bottas e Lewis Hamilton também partiram para o circuito logo no início da segunda etapa da classificação.

Hamilton, Verstappen, Bottas, Leclerc, Vettel e Gasly foram para o Q2 com pneus macios (amarelos). O inglês da Mercedes fez o melhor tempo da primeira saída: 1min15s548. Leclerc ficou na cola do líder, mesmo com um pequeno dano na traseira do carro.

Na segunda saída, Hamilton confirmou a liderança com o tempo de 1min15s548. Verstappen, Bottas, Leclerc e Vettel vieram em seguida. Os eliminados foram: Hulkenberg, Albon, Kvyat, Giovinazzi e Magnussen.

Hamilton, Bottas, Vettel, Lando Norris, Charles Leclerc e Sainz foram os primeiros a deixarem os boxes para o Q3. O inglês da Mercedes fez um bom tempo, mas logo em seguida foi superado por Bottas, que fez 1min15s136. O holandês da Red Bull voou na pista e assumiu a ponta com 1min14s958, o melhor tempo do fim de semana até então.

Enquanto isso, as Ferraris de Vettel e Leclerc ficaram fora da briga pela liderança e fizeram o quarto e quinto tempo, respectivamente, na primeira saída.

Veja também

Acompanhe, lance a lance, o jogo do Náutico contra o Oeste/SP
BRASILEIRO SÉRIE B

Acompanhe, lance a lance, o jogo do Náutico contra o Oeste/SP

Com gols de Messi e Coutinho, Barcelona goleia Ferencváros por 5x1
Liga dos Campeões

Com gols de Messi e Coutinho, Barcelona goleia Ferencváros por 5x1