Na espreita do mercado, Victor Rangel vira incógnita no Santa Cruz

Diretoria e jogador ainda não chegaram à definição sobre a sua permanência no clube, que vem sendo travada por questões financeiras e pelo cenário de indefinição do futebol

Victor Rangel está livre no mercado desde o dia 30 de abrilVictor Rangel está livre no mercado desde o dia 30 de abril - Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

O Santa Cruz ainda não definiu a situação de Victor Rangel. Se permanece ou deixa o Arruda, só o tempo agora vai dizer. Dito isso, porque, segundo o empresário do jogador, Sandro Zardo, as conversas para tratar da continuidade ou do adeus ao Tricolor continuam paradas. O motivo mais uma vez esbarra na indefinição para o retorno dos campeonatos, devido ao crescimento dos casos de Covid-19 no País, e também na questão financeira, uma vez que o valor de mercado do centroavante está acima do que pode custear a Cobra Coral. Segundo apurações da Folha, alguns jogadores já foram orientados a intensificarem a parte física para estarem de prontidão, caso não seja firmado o vínculo de Rangel com o Tricolor.

Leia também: 
Com vínculo praticamente encerrado, Santa tenta segurar Victor Rangel
Santa mantém atividades suspensas e estabelece novo prazo para junho
Quadro associativo do Santa Cruz sofre queda de 74% em dois meses

Questionado se existe previsão para uma reunião por videoconferência para delinear a tratativa, Zardo citou ter entrado em contato com o executivo de futebol coral, Nei Pandolfo, mas que ambas as partes aguardam o momento oportuno para que o futuro do atacante seja definido. Enquanto isso, Rangel segue livre no mercado desde o dia 30 de abril, quando seu contrato com o Botafogo chegou ao fim, e, consequentemente, o de empréstimo com o Santa Cruz também.

“Está tudo parado, não tem o que fazer. O clube não tem como contratar o jogador sem estar definido se vai ter campeonato, se não vai ter campeonato. Está tudo indefinido, até o Campeonato Brasileiro corre risco de não sair. Falei com Nei (Pandolfo) esta semana, mas estamos aguardando. Querer contratar o clube quer, agora querer e poder é outra história”, ratificou o agente do jogador.

De acordo com o empresário, o atleta chegou a ser sondado pelo futebol asiático, mas nenhuma proposta oficial foi feita até o momento. 

A reportagem tentou contato com o executivo de futebol do Santa, Nei Pandolfo, para saber, mesmo em meio à pandemia, se o clube possui nomes de interesse no mercado caso não seja possível acertar com o centroavante, mas até a publicação deste texto, não obteve resposta. 

Veja também

Corinthians e Palmeiras chegam à final do Paulista com jovens em busca de protagonismo
Campeonato Paulista

Corinthians e Palmeiras chegam à final do Paulista com jovens em busca de protagonismo

Chiquinho deixa o DM Coral, mas não deve ser opção para a final do Estadual
Santa Cruz

Chiquinho deixa o DM Coral, mas não deve ser opção para a final do Estadual