Náutico é campeão em número de jogos e uso de atletas

Equipe é a que mais atuou no Brasil e já utilizou 33 jogadores nos 13 jogos disputados

Mais de 30 atletas já foram utilizados por Roberto FernandesMais de 30 atletas já foram utilizados por Roberto Fernandes - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

Nenhum torcedor no Brasil viu seu time jogar mais vezes em 2018 do que os alvirrubros. Do dia 8 de janeiro, data da estreia do Náutico na temporada, no duelo de ida perante o Itabaiana/SE, pela pré-Copa do Nordeste, até hoje, se passaram 42 dias. E em 13 deles o time entrou em campo. A média é de quase um confronto a cada três dias. Em muitas ocasiões, o clube chegou a disputar quatro no intervalo de uma semana. Equipe que mais se apresentou até agora nos gramados brasileiros, o Timbu tem utilizado também o máximo que pode suas peças do elenco para evitar o desgaste físico excessivo. A força do Alvirrubro neste início de semestre está no grupo.

Nos 13 jogos disputados, divididos em três competições diferentes (Copa do Nordeste, Campeonato Pernambucano e Copa do Brasil), o Náutico utilizou 31 atletas. Foram dois goleiros (Bruno e Jefferson), quatro laterais (Thiago Ennes, Medina, Kevyn e Gabriel Araújo), seis zagueiros (Camacho, Breno, Camutanga, Rafael Ribeiro, Samuel e Richard), seis volantes (William Gaúcho, Josa, Negretti, Hygor, Cal e Jobson), seis meias (Wallace Pernambucano, Clebinho, Christianno, Luiz Henrique, Júnior Timbó e Felipinho) e sete atacantes (Daniel Bueno, Fernandinho, Odilávio, Tharcysio, Rafael Assis, Wagner Lauretti e Robinho). Desses, 14 são formados nas categorias de base do clube.

O time que vai entrar em campo amanhã contra o Afogados da Ingazeira, na Arena de Pernambuco, pelo Estadual, deve ter ainda mais caras novas. Uma delas pode ser Bryan Mascarenhas, lateral-direito que chegou ao clube no início do ano, mas que não estreou por conta de um problema muscular. Outro que ainda não vestiu a camisa alvirrubra em 2018 foi o atacante Rogerinho, que estava se recuperando de uma contusão no joelho direito. A ideia do técnico Roberto Fernandes é colocar em campo um time reserva no confronto, poupando os titulares para o jogo da quinta, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, pela Copa do Nordeste.

Ortigoza

O atacante paraguaio Ortigoza deve fazer sua estreia pelo Náutico diante do Afogados. O atleta não foi relacionado no Clássico das Emoções, mas Roberto informou que pode utilizá-lo no Estadual para dar ritmo de jogo ao atleta. Já o volante Wendel e o goleiro Luiz Carlos, reforços que desembarcaram nesta semana ao clube, ainda precisam de mais dias de treinamento até conseguirem um espaço na lista de selecionáveis.

Veja também

Satisfeito, Hélio dos Anjos afirma que 'busca por competitividade' provocou mudanças
Náutico

Satisfeito, Hélio dos Anjos afirma que 'busca por competitividade' provocou mudanças

São Paulo tem gol anulado 2 vezes, empata com Ceará e perde chance de ser líder
Futebol

São Paulo tem gol anulado 2 vezes, empata com Ceará e perde chance de ser líder