Náutico tenta diminuir maratona de jogos em março

Clube iniciou conversas para reorganizar datas de duelos marcados nos dias 10, 12 e 14 deste mês

Diógenes Braga, vice-presidente de futebol do NáuticoDiógenes Braga, vice-presidente de futebol do Náutico - Foto: Mandy Oliver/Folha de Pernambuco

Comemorando a pausa de uma semana sem jogos, após a vitória por 2x1 diante do Cuiabá, na última quarta (28), pela Copa do Brasil, o Náutico quer evitar também uma nova maratona de partidas neste mês. Isso porque a equipe terá três confrontos importantes em um intervalo de cinco dias, em duelos válidos pelo Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e no mata-mata nacional.

No dia 10, o Náutico encara o Bahia, na Arena de Pernambuco, pelo Nordestão. Dois dias depois, o duelo será no mesmo local, ainda sem adversário definido, pelas quartas de final do Estadual. Fechando o ciclo, a equipe entra em campo dia 14, na Arena Pantanal, para enfrentar o Cuiabá, no jogo da volta da terceira fase da Copa do Brasil.

Leia também:
Técnico adota cautela sobre estreia de Wendel
Náutico comemora pausa em maratona de jogos

"Estamos trabalhando para mudar isso. Já conversamos com a Federação Pernambucana de Futebol (FPF), com a CBF e a Esporte Interativo (detentora dos direitos de transmissão). Todos estão se mostrando compreensíveis para colaborar com a gente. Vamos achar uma solução adequada. Não podemos ser penalizados e aceitar essa quantidade de jogos em pouco tempo", afirmou o vice-presidente de futebol, Diógenes Braga.

O mais provável é que o Náutico consiga adiar um jogo do mata-mata estadual. No Regional, o Bahia também tem interesse em uma alteração na data, mas a decisão final passa pela emissora que comprou os direitos de transmissão da competição. No caso da Copa do Brasil, o dia do jogo não pode ser transferido.

Veja também

Com mais uma atuação fraca, Sport perde para o Atlético/GO e fica perto do Z4
Campeonato Brasileiro

Com mais uma atuação fraca, Sport perde para o Atlético/GO e fica perto do Z4

Eventos esportivos na Inglaterra poderão receber espectadores de forma limitada

Eventos esportivos na Inglaterra poderão receber espectadores de forma limitada