Neymar volta a jogar pelo PSG e faz golaço de voleio

Vaiado desde o aquecimento dos atletas no gramado, o atacante brasileiro garantiu a vitória por 1x0, aos 47 do 2°T

Neymar voltou a jogar pelo PSG Neymar voltou a jogar pelo PSG  - Foto: Martin BUREAU / AFP

Fora das partidas do Paris Saint-Germain (PSG) desde o início do Campeonato Francês 2019-2020, em agosto, Neymar voltou a campo neste sábado (14) contra o Strasbourg e venceu por 1x0. O atacante foi recebido com vaias, palavrões e faixas de protesto da torcida, mas acabou marcando o gol da vitória aos 47 minutos do segundo tempo.

O gol saiu em um lindo voleio de perna esquerda, após um cruzamento certeiro da lateral esquerda ofensiva do PSG. Após o golaço, o brasileiro escutou um misto vaias e aplausos das arquibancadas.

Leia também:
Neymar é relacionado para duelo do PSG neste sábado
Dono do PSG decidiu permanência de Neymar sem jamais o escutar
"Teria ficado feliz se Neymar voltasse", afirma Messi


As vaias começaram antes mesmo do início da partida, quando o nome de Neymar foi anunciado como titular, e se repetiram durante todo o primeiro tempo de jogo, sempre que o camisa 10 pegava na bola. A primeira etapa da partida terminou em 0x0, sem grandes lances do jogador brasileiro.

Além das vaias, a torcida carregava faixas que criticavam as tentativas de Neymar de deixar o clube francês e voltar para o Barcelona. No mês passado, ele tentou, sem sucesso, forçar os franceses a aceitarem a sua saída. Afirmou aos dirigentes do clube que não queria cumprir o contrato. Segundo o jornal L'Equipe, o brasileiro chegou a propor pagar 20 milhões de euros (R$ 90,9 milhões) do seu próprio bolso para retornar à equipe catalã.

Como informa o Le Monde, o Barcelona ofereceu por Neymar cerca de 140 milhões de euros (R$ 636 milhões) mais a transferência do jogador croata Ivan Rakitic e o empréstimo por um ano do francês Ousmane Dembélé, que se recusou a deixar o clube catalão. O PSG declinou.

Durante o período de negociações, Neymar treinou, mas não atuou no PSG, que fez quatro partidas na temporada. A janela de transferências, período para clubes da Europa contratarem jogadores, acabou no último dia dois e o brasileiro terá de permanecer na liga francesa pelo menos até janeiro de 2020.

Veja também

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos
Náutico

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time
Liga dos Campeões

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time