Osaka ganha o Aberto da Austrália e vira líder do ranking

Esse foi o segundo título consecutivo de Grande Slam da japonesa, que se tornou a primeira asiática a vencer o torneio em Melbourne

No ano passado, Osaka já havia levantado o troféu do Aberto dos Estados Unidos.No ano passado, Osaka já havia levantado o troféu do Aberto dos Estados Unidos. - Foto: Jewel Samad/AFP

A japonesa Naomi Osaka conquistou, neste sábado (26), o título do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada. Na final, a tenista derrotou a tcheca Petra Kvitova por 2 sets a 1, com parciais de 7-6 (7-2), 5-7 e 6-4.

Esse foi o segundo título consecutivo de Grande Slam da japonesa, que se tornou a primeira asiática a vencer o torneio em Melbourne. No ano passado, Osaka já havia levantado o troféu do Aberto dos Estados Unidos.

Com isso, ela vai assumir a liderança do ranking mundial, organizada pela WTA (Associação das Tenistas Profissionais) -ela começou o torneio na quarta colocação. Kvitova, que ocupava o sexto lugar, assumirá a vice-liderança. A romena Simona Halep, que era a líder, caiu para o terceiro posto.

Leia também:
Aberto da Austrália com decisões em cenários opostos
Djokovic enfrentará Nadal na final do Aberto da Austrália
Naomi Osaka sobe 12 posições no ranking após US Open
Naomi Osaka vence Serena Williams e faz história no US Open

Na decisão deste sábado, Osaka e Kvitova fizeram um primeiro set equilibrado, com chances para ambos os lados. A disputa parou no tie-break, em que a japonesa obteve dois mini-breaks para fazer 7-2.

Na segunda parcial, Osaka sofreu uma quebra de saque no segundo game, mas se recuperou e virou para 4-2. Parecia que a vitória estava próxima no nono game, quando teve três match points à disposição no serviço da adversária.

Kvitova, então, se recuperou. Salvou-se do risco de quebra, impediu Osaka de confirmar seu serviço e fechar o jogo no décimo game e seguiu viva. Para completar, no 12º game, obteve a terceira quebra de saque no set e fechou em 7-5.

No terceiro set, Osaka começou melhor e obteve a quebra de saque decisiva no terceiro game. No sexto game, a japonesa foi pressionada e precisou salvar um break point. A partir daí, ela não deu mais chance a Kvitova até fechar a partida em 6-4.

Veja também

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'
Santa Cruz

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'