Paiva cita impressões do futebol brasileiro em chegada ao Náutico

Atacante de 22 anos destacou que pode atuar tanto no posto de centroavante ou pelos lados

Paiva, novo reforço do NáuticoPaiva, novo reforço do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

Em novembro do ano passado, o gerente de futebol do Náutico, Italo Rodrigues, viajou ao Paraguai para monitorar potenciais reforços do país e de outras nações sul-americanas para o clube em 2020. A excursão foi a mesma que também aconteceu em 2018, mas, diferente da primeira, esta não ficou apenas na observação. O Timbu trouxe o atacante Guillermo Paiva, de 22 anos, que estava no Zamora/VEN e tem seus direitos econômicos ligados ao Olímpia/PAR.

Na chegada ao Náutico, o atacante comentou suas primeiras impressões sobre o estilo de jogo praticado no Brasil. “O futebol aqui é mais acelerado, forte e com dinâmica. Vai ser duro. Tenho bons companheiros de posição, mas vou dar o meu melhor”, afirmou, em sua apresentação oficial, na última terça (14), no CT Wilson Campos.

Paiva é o terceiro paraguaio a desembarcar recentemente no Náutico. O volante Jiménez chegou ao clube na reta final de 2017 e, em 2018, o centroavante Ortigoza foi contratado. Ambos já deixaram o Timbu.

“Eu não conheço Jimenez e Ortigoza pessoalmente, mas sei quem são. Venho aqui para fazer história e dar o melhor de mim”, declarou, explicando suas características em campo. “Posso jogar como centroavante ou pelos lados. Sou mais de potência, encarando (adversário) e jogando mais atrás do centroavante”, apontou.

Leia também:
Com vínculo renovado, Brocador retoma atividades no Sport
Emocionado, Luanderson comemora retomada na carreira

Veja também

Dal Pozzo elogia espírito da equipe e projeta evolução
Futebol

Dal Pozzo elogia espírito da equipe e projeta evolução

Náutico fica no 0x0 com o Operário/PR
Futebol

Náutico fica no 0x0 com o Operário/PR