Pan: Brasil tem 4 semifinais contra EUA nesta segunda

As equipes vão se enfrentar em esportes coletivos: basquete 3x3 (masculino e feminino), vôlei de praia e handebol

Ângela e Carol estão nas semifinais dos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019Ângela e Carol estão nas semifinais dos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019 - Foto: LUKA GONZALES / AFP

Tradicionalmente os megaeventos poliesportivos têm muitas provas nos fins de semana de abertura e desaceleram no começo da semana. Não funciona assim nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Esta segunda-feira (29) é feriado pátrio no Peru, como na véspera, e por isso a programação é de muitas medalhas em jogo.

Várias delas podem ser garantidas em esportes coletivos. Para tanto, os brasileiros vão precisar passar pelos Estados Unidos. Acreditem: serão quatro semifinais contra os norte-americanos nesta jornada. Os times de basquete 3x3 jogam pela manhã: 11h o feminino, 12h30 o masculino (no horário de Brasília). Na sequência, pelo vôlei de praia, temos o jogo entre Angela/Carol Horta e Pardon/Cook às 13h30. Já à noite, às 22h30, outra semifinal contra as americanas, desta vez pelo handebol feminino.

Em provas valendo medalhas diretamente, a busca brasileira começa pelo triatlo. Às 11h será disputado o revezamento misto. Depois de ganhar um ouro e duas pratas nas provas individuais, o time brasileiro aparece como favorito, junto com o México.
Também pela manhã em Lima, a canoagem velocidade tende a ser uma chuva de medalhas para o Brasil, que está em cinco finais, a partir das 11h35. Pela ordem: K1 1.00m (Vagner Souta), C1 1.000m (Isaquias Queiroz), K2 1.000m (Vagner Souta e Edson Silva), C2 500m (Angela Silva e Andrea Santos) e K1 500m (Ana Paula Vergutz).

O hipismo começa a distribuir medalhas, com a final por equipes do adestramento a partir das 10h30. O Brasil passou em terceiro pela primeira fase e deve disputar o bronze contra o México. A prova vale vaga olímpica para os dois primeiros colocados, que por enquanto são EUA e Canadá.

Depois de ganhar três medalhas de quatro possíveis nos dois primeiros dias do taekwondo, o Brasil pode ganhar até outras quatro nesta segunda-feira, quando serão disputadas quatro categorias. O destaque é Maicon Andrade, bronze na Rio-2016, mas também lutam Milena Titoneli e Ícaro Miguel, que ganharam medalha no Mundial deste ano.

Leia também:
Equipe brasileira de ginástica é ouro no Pan de Lima
Astro nas argolas, Zanetti pode ganhar medalha no solo
Medalhista, Talisca volta à arena para ver o namorado no Pan
Brasil ganha prata e bronze no primeiro dia de taekwondo no Pan

Na ginástica artística acontecem as finais do individual geral no feminino (às 15h) e no masculino (às 20h). Estão nas finais Thais Fidelis, Flávia Saraiva, Arthur Nory e Caio Souza. Desses, quem tem mais chances de medalha é Nory. Contra as americanas, as meninas são azarãs.

Serafim Veli e Marco Túlio Gregório estão na categoria até 96kg do levantamento de peso, disputada a partir das 16h30. Depois, às 18h, Marcelo "Marreco" briga por medalha no wakeboard. No boxe, Bia Ferreira e Ronaldo Bezerra estreiam e, se vencerem, já garantem pódio. Por enquanto, dos cinco brasileiros que já lutaram, quatro garantiram medalha.

Veja também

Morre no Rio, aos 104 anos, o policial mais antigo da Polícia Militar
luto

Morre no Rio, aos 104 anos, o policial mais antigo da Polícia Militar

Letalidade da Covid-19 é semelhante à da pneumonia, calcula estudo
Coronavírus

Letalidade da Covid-19 é semelhante à da pneumonia, calcula estudo