Portland igualou 2000 e está na final do Oeste na NBA

Damian Lillard e CJ Mccollum conduziram o Blazers à quebra do jejum de 19 anos e agora encara o Golden State

Damian Lillard e Terry Stotts comemoram a classificação para a final de Conferência da NBA Damian Lillard e Terry Stotts comemoram a classificação para a final de Conferência da NBA  - Foto: Bart Young / NBAE / Getty Images / AFP

O Portland Trail Blazers superou o tabu de 19 anos sem chegar numa final de Conferência e se tornou a grande surpresa da atual temporada. Agora a equipe encara o todo poderoso Golden State Warriors, atual bicampeão da NBA.

No ano passado o Portland tinha sido terceiro colocado na temporada regular da NBA. Mas, quando chegou os playoffs a franquia foi varrida pelo New Orleans Pelicans. Mesmo assim, eles decidiram seguir o planejamento e pouco trocaram. Dessa forma houve uma repetição da dose, mais um terceiro lugar e expectativa para a fase decisiva da liga.

Porém, a lesão do pivô Nurkic, pouco menos de um mês antes dos playoffs, esfriou a esperança dos torcedores do Blazers. Para piorar, o Oklahoma City Thunder, adversário do Portland na primeira rodada dos playoffs, tinha ganho da equipe nos quatro confrontos da temporada regular. Eis que Damian Lillard jogou uma barbaridade e eliminou a equipe de Russel Westbrook com um game winner no quinto jogo da série.

Na sequência o Portland enfrentou o Denver Nuggets e mais uma vez não eram apontados como favoritos. O receio do Trail Blazers estava por conta da fraquíssima marcação do pivô Enes Kanter sobre Nikola Jokic. Porém a franquia foi se virando como pôde, optando por dobras na marcação que por muitas vezes resultava em bolas de três de Jamal Murray e Gary Harris. Mas, as bolas de Damian e CJ iam dando vida a equipe.

A série se estendeu e atingiu o ápice no sétimo e decisivo jogo. Lillard simplesmente não conseguiu pontuar, foram 13 pontos na partida toda apenas. Além disso, o Denver chegou a abrir 17 pontos de vantagem. Mas, Cj Maccolum acabou com a defesa dos Nuggets. Foram 37 pontos e nove rebotes para o armador, que matou a bola que praticamente decidiu a partida, à 11 segundos do fim, classificando a equipe para a final da Conferência Oeste da NBA.

Leia também:
NBA se aproxima da TV aberta e pode ter jogos na Band
Análise das partidas de playoffs deste sábado (20) na NBA


Esse Portland igualou a campanha do histórico time de 2000, que contava com Arvydas Sabonis, Scottie Pippen e Rasheed Wallace. O Blazers de 19 anos atrás foi parado em uma final épica contra o Los Angeles Lakers, de Shaquille O´neal e Kobe Bryant, em sete jogos.

Agora a equipe de Oragon encara o Golden State, nesta terça-feira (14), para decidir o finalista da grande final da NBA. Na temporada regular foram duas vitórias para cada lado. Novamente a preocupação deve ser com o pivô Enes Kanter que deve ser o alvo principal no ataque dos Warriors.

Veja também

Corinthians confirma contratura muscular de Cássio, que inicia tratamento
Futebol

Corinthians confirma contratura muscular de Cássio, que inicia tratamento

Corpo de Diego Maradona é enterrado em cemitério na Argentina
LUTO

Corpo de Diego Maradona é enterrado em cemitério na Argentina