Reformas a todo vapor no Centro Esportivo Santos Dumont

Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado quer inaugurar o Centro de Esportes de Praia ainda neste mês

Santos Dumont começa a ganhar nova caraSantos Dumont começa a ganhar nova cara - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Pouco mais de três meses após o início das obras de requalificação, o Centro de Esporte, Lazer e Cultura Alberto Santos Dumont, localizado em Boa Viagem, já começa a ganhar nova cara. O aspecto de canteiro de obras, em alguns pontos, já dá espaço ao contorno real de novas instalações. Inclusive, algumas áreas já devem ser entregues nos próximos meses. Segundo o planejamento da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, a meta é inaugurar o Centro de Esportes de Praia ainda neste mês, contemplando os profissionais do beach soccer, beach tennis, beach handebol, futevôlei e vôlei de praia. O espaço atingiu mais de 80% de execução. Em outubro, a expectativa é pela entrega do novo espaço de lutas, erguido no local da antiga sala de dança do centro, demolida. O trabalho começou junto com o Centro de Esportes de Praia, mas, por exigir mais detalhes estruturais e de acabamento, a execução aponta pouco mais de 70%.

Em novembro, o objetivo é finalizar o campo de futebol que ocupará o até então não aproveitado espaço localizado entre o parque aquático e o ginásio poliesportivo. Embora o trabalho no local tenha sido iniciado em julho, com as escavações para tubulações de drenagem, o andamento é diminuto devido às chuvas. No prédio administrativo do centro, está sendo realizada a troca das telhas antigas por outras de material mais moderno e resistente. Após esse processo, serão feitas algumas reformas no interior do edifício.

Outra novidade recente é o início das intervenções no parque aquático, que sofreu pequenas alterações em seu projeto. Antes, a ideia era entregar o local em outubro de 2018, mas, devido à demanda de uso da piscina, houve um desmembramento. “O plano inicial era entregar tudo junto, o parque completo. Mas, pela necessidade da piscina, que tem muito uso, aulas, antecipamos a entrega para junho de 2018. A arquibancada vem depois, em outubro”, revelou o secretário da pasta estadual, Felipe Carreras. O novo parque aquático contará com três piscinas, sendo uma olímpica, uma de saltos e uma de aquecimento.

A requalificação do Santos Dumont conta ainda com a construção de quadras de tênis e futebol society, área de esportes radicais e academia de ginástica. Vale ressaltar que todos os setores do centro estão sendo erguidos ou reformados dentro das normas de acessibilidade. A previsão de término dos trabalhos é para o último trimestre de 2018. O custo total da obra, executada pela pernambucana JCL Engenharia, é de R$ 20 milhões, sendo R$ 16 milhões do Ministério do Esporte e R$ 4 milhões de contrapartida do governo estadual.



Pista
Submetida a processo de recuperação em 2012, a pista de atletismo não faz parte do atual projeto de requalificação do Santos Dumont. Isso porque o espaço ainda está sob a garantia da empresa paulista Lisonda Engenharia, responsável pela sua execução. A atual gestão da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado acionou juridicamente a Lisonda para que a mesma realize o serviço de manutenção, uma vez que há buracos e alguns desníveis na pista, bem como desgaste na área da gaiola de arremessos. A garantia do serviço, que custou mais de R$ 5 milhões, fora os gastos com os equipamentos, em torno de R$ 750 mil, tem duração de cinco anos, devendo expirar no final de 2017.

Veja também

Corinthians e Palmeiras chegam à final do Paulista com jovens em busca de protagonismo
Campeonato Paulista

Corinthians e Palmeiras chegam à final do Paulista com jovens em busca de protagonismo

Chiquinho deixa o DM Coral, mas não deve ser opção para a final do Estadual
Santa Cruz

Chiquinho deixa o DM Coral, mas não deve ser opção para a final do Estadual