Rithely, enfim, se recupera e vira opção para Nelsinho

Volante quase foi nefociado. Contusão no tornozelo o afastou dos gramados desde o ano passado

Rithely, volante rubro-negroRithely, volante rubro-negro - Foto: Anderson Stevens

Faltou pouco para o volante Rithely se despedir da Ilha do Retiro na temporada 2018. Investidas oficiais do Atlético/MG e Internacional se acumularam na mesa de negociações do Sport. Mas as negativas rubro-negras fizeram com que o jogador permanecesse na Praça da Bandeira. Sua reestreia, este ano, ficou próxima de acontecer em duas oportunidades - nas rodadas, contra Afogados e Náutico. Mas incômodos no tornozelo esquerdo adiaram a entrada do jogador em campo. Ontem, no entanto, o atleta ficou a disposição do técnico Nelsinho Baptista. E a possibilidade de escalação no confronto contra o Central, sábado (3), em Caruaru, virou realidade.

Ainda não existe uma sinalização de Nelsinho Baptista com relação à titularidade, ou não, de Rithely. Nessa quarta-feira (31), o treinador não começou a montagem do time que entrará em campo no estádio Luiz Lacerda - algo que deve acontecer nos treinamentos destas quinta e sexta-feira, quando a movimentação será fechada à Imprensa. Caso o atleta ganhe a posição entre os 11 iniciais, é possível que o garoto Thallyson, que substituiu Pedro Castro na última segunda-feira, deixe a equipe.

Com relação às negociações que envolveram o jogador, Rithely chegou a ser oferecido ao Cruzeiro. Mas foi o Atlético/MG quem demonstrou interesse e oficializou propostas de empréstimos. Outra equipe que também quis contar com os serviços do volante foi o Internacional, que chegou a propor R$ 10 milhões para contratá-lo. Mas o fato de o pagamento ser parcelado não convenceu os dirigentes do Sport. O contrato do atleta com o Leão vai até fevereiro de 2022.

O leque de opções para Nelsinho Baptista não para apenas na volta de Rithely. Quem também voltou a ficar a disposição foi o atacante Leandro Pereira. O centroavante estava se recuperando de uma grave lesão no joelho, sofrida ainda no ano passado. Nos últimos dias, realizou trabalhos leves com bola. A contusão o deixou fora dos planos por sete meses. Este início de ano, inclusive, pode servir para o jogador mostrar algum serviço e estender seu vínculo com o Leão até o fim da temporada. Vale lembrar que o seu contrato com o clube vai até 30 de junho.

Ano passado, o jogador chegou a ser oferecido pela diretoria do Sport à Chapecoense. O contrato seria de empréstimo, com o clube catarinense sendo o responsável por pagar parte dos salários do atacante, que, no período, não estava tendo espaço na Ilha. Tudo ruiu por conta do problema no joelho. Leandro Pereira não passou nos exames clínicos em Santa Catarina e retornou ao Leão para se operar e prosseguir o tratamento da contusão.

Problemas

Ainda não existe uma previsão para a volta do atacante Rogério. O jogador acabou vetado para o jogo contra o Pesqueira, na última segunda-feira (29), por conta de problemas na coxa. O mesmo caso tirou da partida o lateral-direito Felipe Rodrigues. Ambos, no entanto, iniciaram o processo de transição no gramado no CT do Leão. 

Veja também

Ceará vence Bahia por 1x0 e fatura título da Copa do Nordeste
Futebol

Ceará vence Bahia por 1x0 e fatura título da Copa do Nordeste

Corinthians e Palmeiras chegam à final do Paulista com jovens em busca de protagonismo
Campeonato Paulista

Corinthians e Palmeiras chegam à final do Paulista com jovens em busca de protagonismo