Serena Williams é multada após "piti" no US Open

Após discussão quente com árbitro da final feminina do US Open, Serena Williams terá de pagar US$ 17 mil

Serena Williams discute com árbitro na final do US OpenSerena Williams discute com árbitro na final do US Open - Foto: Eduardo Munoz Alvarez/AFP

A tenista americana Serena Williams foi multada em US$ 17 mil (R$ 70 mil) pela Associação de Tênis dos Estados Unidos pelo polêmico comportamento na derrota de sábado (8) para a japonesa Naomi Osaka, na final feminina do US Open. Durante a partida, Serena recebeu uma primeira advertência por receber ordens do técnico, uma segunda por quebrar a raquete e uma terceira por chamar de "mentiroso" e "ladrão" o juiz de cadeira, o português Carlos Ramos. A declaração de Serena, captada pelos microfones na quadra, obrigou o árbitro a puni-la com a perda de um game, o que colocou Osaka, que já havia vencido a primeira parcial em 6/2, com vantagem de 5/3 no segundo set.

Leia também:
Naomi Osaka vence Serena Williams e faz história no US Open

Indignada em quadra, Serena pediu a presença do supervisor do torneio, o que interrompeu a partida por vários minutos. "Não é justo, não é certo. Isso é incrível", reclamava a norte-americana, em lágrimas. Após o reinício da partida, Serena converteu seu saque, mas Osaka fez o mesmo e fechou o set em 6/4, garantindo a vitória em uma partida na qual foi muito superior à veterana rival, a quem tem como ídolo maior no esporte.

Veja também

No retorno aos ringues, Tyson empata com Roy Jones Jr.
Boxe

No retorno aos ringues, Tyson empata com Roy Jones Jr.

Com arbitragem polêmica, Náutico perde para o Juventude e se afunda no Z4
Série B

Com arbitragem polêmica, Náutico perde para o Juventude e se afunda no Z4