Sevilla vence United e volta às quartas da Champions

Tricampeão da Liga Europa entre 2014 e 2016, time espanhol não alcançava feito desde a edição de 1958

Francês Ben Yedder marcou os dois gols do SevillaFrancês Ben Yedder marcou os dois gols do Sevilla - Foto: Oli Scarff/AFP

Com dois gols do francês Ben Yedder, o Sevilla venceu o Manchester United por 2x1 fora de casa, nesta terça-feira, e voltou a se classificar para as quartas de final da Liga dos Campeões depois de 60 anos.

Leia também:
Sevilla e United empatam em 0x0 pela Liga dos Campeões

O atacante saiu do banco aos 27 minutos do segundo tempo para mudar o rumo da partida. Logo no minuto seguinte, abriu o placar com chute no cantinho esquerdo do gol de De Gea e, aos 33, fechou a conta de cabeça. Nem o gol de Romelu Lukaku, aos 39, conseguiu evitar a queda dos Diabos Vermelhos em pleno Old Trafford.

Tricampeão da Liga Europa entre 2014 e 2016, o Sevilla não chegava às quartas de final da Champions desde que participou da competição europeia pela primeira vez, em 1957/1958.

O Sevilla se juntou a Manchester City, Real Madrid, Juventus e Liverpool na próxima fase. A Roma também avançou no torneio, após vencer o Shakhtar Donetsk por 1 a 0 no outro jogo do dia.

Nesta quarta-feira, Barcelona-Chelsea e Basiktas-Bayern de Munique definem as duas últimas vagas. O sorteio para as quartas de final vai ser realizado nesta sexta-feira (16).

Sem retranca

Diferentemente do estilo de jogo defensivo que caracterizou o time de José Mourinho em grandes duelos da temporada, a equipe entrou ligada na partida e jogando adiantada.

Logo no primeiro minuto os anfitriões deram uma palinha do que estava por vir. O belga Romelu Lukaku usou a força para ganhar da zaga, tabelar com Lingard e bater com perigo.

Mas o brilho inicial parou aos 5 minutos e o Sevilla não demorou para responder, primeiro em cobrança de escanteio desviada por Correa e depois em erro de Bailly na saída de bola que acabou com chute de Muriel, aos 8 e 13 minutos, respectivamente. Diferentemente do jogo de ida, o goleiro espanhol De Gea não precisou trabalhar.

Do outro lado, Sergio Rico precisou salvar a equipe após a jogada mais perigosa criada pelo queridinho de Mourinho, o belga Fellaini, que entrou na vaga do Paul Pogba. O francês se recuperou de lesão mas iniciou o jogo entre os reservas. A jogada iniciou com o grandalhão tabelando com o chileno Alexis Sánchez para fuzilar com o pé esquerdo e parar na impressionante defesa do arqueiro.

Jogo aberto

Na volta do intervalo, os andaluzes começaram assustando em excelente contra-ataque que só não parou no fundo das redes por causa da intervenção de Bailly no momento decisivo, aos 2 minutos do primeiro tempo.

Os Diabos Vermelhos responderam com Lingard chutando cruzado, aos 6 minutos, mas Rico voou para evitar o gol inglês. Cinco minutos depois, Rashford deixou Sánchez em ótimas condições para finalizar dentro da área, mas o chileno acertou uma bomba na defesa.

O roteiro do segundo tempo foi diferente da primeira etapa, com as duas equipes buscando o gol e levando perigo. Mas com o passar do tempo os times começaram a ser mais cautelosos, temendo sofrer um gol que pudesse colocar a eliminatória em xeque.

Com os times fechados, a solução foi arriscar de fora da área. Pogba, que mesmo sem estar 100% entrou no lugar de Fellaini aos 15 minutos, arriscou com a perna esquerda e assustou Rico aos 27.

A resposta foi instantânea: um minuto depois de entrar em campo no lugar de Muriel, o francês Ben-Yedder recebeu passe de Sarabia em profundidade entre os zagueiros, dominou e chutou rasteiro com categoria para tirar a bola do alcance do paredão De Gea, aos 28 minutos.

O gol desestabilizou o clube inglês, que quatro minutos depois levou o segundo gol de Ben Yedder após cobrança de escanteio. O atacante deu leve toque de cabeça e De Gea não conseguiu tocar com firmeza na bola, que quicou dentro e saiu. O árbitro apontou para o meio e confirmou o segundo do francês.

Aos 38 minutos, Lukaku reacendeu as esperanças dos anfitriões. Após cobrança de escanteio, Matic desviou na primeira trave e o belga encheu o pé na pequena área para diminuir. Mas o time já estava na lona e não conseguiu buscar os dois gols necessários para reverter o resultado.

Veja também

Grosjean está fora do próximo GP após acidente assustador
F1

Grosjean está fora do próximo GP após acidente assustador

Em Pituaçu, Santa Cruz enfrenta Jacuipense nesta segunda
Futebol

Em Pituaçu, Santa Cruz enfrenta Jacuipense nesta segunda