Shakhtar mostra força em casa ao vencer Roma de virada

Brasileiro Fred garantiu a virada com um golaço de falta no segundo tempo da partida

Jogo foi marcado pelo equilíbrioJogo foi marcado pelo equilíbrio - Foto: Genya Savilov/AFP

O Shakthar Donetsk e sua legião de brasileiros mostrou força nesta quarta-feira em Cracóvia, vencendo de virada por 2x1 a Roma, na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O estádio Metalist de Cracóvia, onde o campeão ucraniano sedia seus jogos desde o ano passado devido a um conflito armado no país, se encontra a 250 km de Donetsk, mas é como se o Shakhtar estivesse em casa.

Leia também:
Sevilla e United empatam em 0x0 pela Liga dos Campeões
Willian marca, mas Messi busca empate no Chelsea x Barça
Bayern goleia Besiktas e se aproxima das quartas da Liga

Vencedores na fase de grupos de Feyenoord (3x1), Napoli (2x1) e até mesmo do gigante Manchester City (2x1), até então invicto na temporada, os ucranianos superaram outro adversário de tradição na Europa, graças a um segundo tempo de tirar o chapéu quando perdiam por 1x0.

Famoso pelo ímpeto ofensivo, o time do técnico Paulo Fonseca e seu ataque brasileiro Bernard-Taison-Fred-Marlos não mudou o estilo de jogo nas oitavas de final da Champions, anotando dois belos gols, primeiro com o argentino Facundo Ferreyra e em seguida com Fred.

Ferreyra empatou a partida após driblar Konstantinos Manolas aos 7 minutos do segundo tempo, enquanto Fred garantiu a vitória numa espetacular cobrança de falta, aos 26.

De fato, eram necessárias duas pinturas para conseguir passar pelo goleiro da seleção brasileira Alisson, que estava em dia inspirado e fez paradas impressionantes, se tornando o grande responsável pela Roma não voltar pra casa com uma goleada na bagagem.

O técnico da Roma, Eusebio Di Francesco, também precisa agradecer ao jovem turco Cengiz Under, único jogador que soube concretizar as chances de gols criadas pelas equipe italiana no primeiro tempo, aproveitando ótimo passe de Edin Dzeko, aos 41 minutos.

Aos 20 anos de idade e em sua primeira partida da carreira na Champions, Under marcou seu quinto gol em quatro jogos pela Roma.

Mas os heróis da partida vestiam laranja e preto e jogavam em casa, Como em 2011. naquele ano, nesta mesma fase da Champions, o Shakhtar humilhou a Roma com um placar agregado de 6 a 2 nas duas partidas. Desde aquela edição, o time de Donetsk não disputa as quartas de final da competição. A história poderá se repetir após o jogo de volta, em 13 de março.

Veja também

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19
Futebol

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19

Santa estende vínculo de Didira até o final da Série C com prorrogação automática
Santa Cruz

Santa estende vínculo de Didira até o final da Série C com prorrogação automática