Sport soma aproveitamento semelhante como mandante e visitante

Dos 41 pontos que conquistou, 21 foram em casa e 20 longe dos seus domínios. Leão tem a segunda melhor campanha fora de casa

Treinador Guto Ferreira á beira do gramado.Treinador Guto Ferreira á beira do gramado. - Foto: Paullo Allmeida/FolhaPE

O fator mando de campo é utilizado como arma principal pela maioria dos times. Seja em mata-mata ou em pontos corridos, atuar sob os seus domínios e com o apoio do torcedor é algo utilizado corriqueiramente como grande trunfo das equipes, com muitos treinadores convocando o torcedor com o status de "12º jogador". Porém, o Sport vem conseguindo quebrar um pouco essa tendência e tem praticamente o mesmo aproveitamento atuando dentro ou fora da Ilha do Retiro nesta Série B.

Ocupando a terceira colocação na classificação geral após 24 rodadas disputadas, o Leão ostenta a segunda melhor campanha como visitante, empatado com Bragantino e Atlético/GO, com 20 pontos, ficando atrás apenas do CRB, que já soma 22 pontos atuando longe de Alagoas.

Leia também:
Sport abre vendas para duelo contra o Operário
Guto Ferreira destaca mérito do Sport, mas finca pés no chão
Sport bate o Londrina fora de casa e se reabilita na Série B

Para ilustrar bem a importância do fator "visitante indigesto", dos 41 pontos ganhos no total o Sport conquistou 20 longe dos seus domínios, com um aproveitamento de 55%, sendo cinco vitórias, cinco empates e duas derrotas, contra Operário/PR e Criciúma.

Como mandante, o Leão tem apenas a sexta melhor campanha, com 21 pontos e tendo conquistado "apenas" 58% dos pontos disputados nos 12 jogos que fez na Ilha do Retiro/Arena de Pernambuco. São cinco vitórias, seis empates e uma derrota.

Nas duas últimas rodadas, a força leonina longe de casa foi responsável por restaurar a tranquilidade e apagar qualquer indício de incêndio na Praça da Bandeira. Derrotado pelo América/MG por 2x0, na Ilha do Retiro, o Leão corria o risco de deixar o G4 diante do Londrina, na última terça-feira.

Atuando no estádio do Café, o Sport conseguiu vencer por 2x1 e recuperou os pontos perdidos dentro de casa. "Não me incomoda o fato de estarmos bem fora de casa. Isso é fundamental para subir. O que me tira o sono é que poderíamos ter um melhor aproveitamento dentro de casa. Pedimos desculpas ao nosso torcedor pela partida contra o América/MG e mais um voto de confiança para lotar a Ilha", declarou o treinador Guto Ferreira, referindo-se ao jogo deste sábado, contra o Operário/PR.

Para este duelo, o comandante rubro-negro ganha o retorno do volante Charles, que cumpriu suspensão diante do Londrina. Com isso, Yago deve voltar para o banco de reservas.

Veja também

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'
Santa Cruz

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'