Superliga: Praia e Sesc já treinam no palco da final

Mineiras e cariocas voltam a se encontrar neste domingo (22), na última partida da temporada 2017/2018 da Superliga

Jogadoras do SESC-RJ comemoram vitória na final da SuperligaJogadoras do SESC-RJ comemoram vitória na final da Superliga - Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Dentil/Praia Clube/MG e Sesc/RJ já estão em Uberlândia (MG), palco da derradeira partida da Superliga Cimed feminina de vôlei 17/18. As equipes duelam a partir das 9h10 deste domingo (22), no ginásio do Sabiazinho, na cidade mineira, com transmissão da TV Globo e do canal fechado Sportv 2.

No momento, a vantagem na série é do Sesc/RJ, que venceu o primeiro jogo da decisão, no último domingo (15), por 3 sets a 1, no Rio de Janeiro (RJ), e precisa de mais um triunfo para levar o 13º troféu da Superliga do projeto comandado por Bernardinho. Já o Praia Clube, que nessa partida terá o apoio da sua apaixonada torcida, precisa vencer por qualquer placar para levar a decisão ao Super Set - um set extra de 25 pontos disputado logo após o encerramento do jogo. O time mineiro, comandado por Paulo Coco, busca uma conquista inédita em sua história. 

"O resultado será consequência do que apresentarmos em quadra. Espero que consigamos ganhar mais esse jogo para ficarmos com o título. Procuro sempre aprender com as jogadoras mais experientes e a comissão técnica. Estamos nos preparando bastante”, afirmou a ponteira do Sesc/RJ, Drussyla, eleita a melhor jogadora no primeiro duelo da decisão.

No lado do Praia Clube, existe uma força tarefa para melhorar a linha de passe da equipe. Muito eficientes, as centrais Fabiana e Waleska são fundamentais no estilo de jogo do grupo mineiro. Sem um bom passe, contudo, a armação dessas jogadas em velocidade ficam prejudicadas, como aconteceu no primeiro confronto. 

“Não vejo a hora de ver esse ginásio lotado. Acordamos e vamos dormir só pensando na vitória nesse jogo. Estamos treinando e estudando em função do Sesc/RJ. O nosso saque e o passe precisam funcionar melhor e isso acontecendo será um bom caminho. Nunca ganhei uma Superliga e esse grupo merece estar nesse lugar. Vou dar tudo para sairmos daqui com esse título”, disse a líbero do Praia Clube, Suelen.

Leia também:
Superliga: Sesc e Praia na expectativa por decisão
Superliga: Sesc vence e larga na frente na final
Superliga: Cruzeiro vence Taubaté e força jogo 5

O Praia Clube foi o time de melhor campanha na primeira fase da Superliga, perdendo somente um jogo, justamente para o Sesc/RJ. Nos playoffs, contudo, o melhor rendimento é do elenco carioca, que não perdeu uma partida sequer. Derrotou o Pinheiros/SP nas quartas e o Camponesa Minas/MG, nas semifinais, além de ter vencido o primeiro confronto da decisão. O Praia, por sua vez, passou fácil pelo Bauru/SP nas quartas, mas viu a situação complicar nas semifinais, quando precisou ir até o último jogo da série melhor de cinco contra o Vôlei Nestlé/SP para garantir a classificação para a final. 

Final

Jogo 1
15/04  – Sesc RJ 3 x 1 Dentil/Praia Clube (MG) - (26/24, 25/19, 22/25 e 25/17)

Jogo 2 (Super Set, se necessário)
22/04 – Dentil/Praia Clube (MG) x Sesc RJ, às 9h10, no Sabiazinho, em Uberlândia (MG) – TV Globo e Sportv2

Veja também

Imprensa exalta Maradona, um ícone entre o "gênio" e o "pecado"
Maradona

Imprensa exalta Maradona, um ícone entre o "gênio" e o "pecado"

Advogado de Maradona denuncia 'idiotice criminosa' por demora das ambulâncias
Maradona

Advogado de Maradona denuncia 'idiotice criminosa' por demora das ambulâncias