Tiros e correria em festa dos Raptors em Toronto

A comemoração do primeiro título da história da franquia Canadense reuniu cerca de um milhão de pessoas na cidade

Torcedores comemoram primeiro título do Toronto RaptorsTorcedores comemoram primeiro título do Toronto Raptors - Foto: Ron Turenne / NBAE / Getty Images / AFP

O desfile de celebração pelo histórico título da NBA conquistado pelos Raptors foi manchado nesta segunda-feira (17) por tiros e correria em Toronto, onde ao menos duas pessoas ficaram feridas com gravidade.

As ruas da cidade foram ocupadas por cerca de um milhão de torcedores para receber a equipe dos Raptors, que desfilou em carro aberto, mas a festa foi interrompida momentaneamente por um tiroteio atrás do palco montado na Praça Nathan Phillips, que deixou dois feridos.

A polícia de Toronto comunicou no Twitter que os dois feridos estão em estado grave, mas não correm risco de morte, e outras duas pessoas foram detidas por envolvimento no tiroteio. Imagens compartilhadas nas redes sociais mostraram dezenas de torcedores correndo após os disparos, que interromperam a festa por vários minutos.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, se uniu à equipe no palco para celebrar o sucesso do Toronto. "Torcedores dos Raptors, todos os dias vocês mostram do que é feito o Canadá: de gente que acredita", disse Trudeau.

Leia também:
Curry parabeniza Drake após conquista dos Raptors
Raptors e Warriors duelam pelo jogo 6 das finais da NBA
Bomba na NBA: Anthony Davis é trocado para o Lakers

Os Raptors venceram o defensor do título, o Golden State Warriors, por 114x110 na quinta-feira (13) na Califórnia, para fechar a melhor de sete jogos por 4x2. A última partida foi acompanhada na TV por 20 dos 37 milhões de habitantes do Canadá.

Veja também

Santa tem responsabilidade de manter desempenho equilibrado dentro e fora de casa
FUTEBOL

Santa tem responsabilidade de manter desempenho equilibrado dentro e fora de casa

Santa Cruz estende o contrato de três jogadores até o fim da Série C
Futebol

Santa Cruz estende o contrato de três jogadores até o fim da Série C