Tricolores valorizam resultado e minimizam polêmica

Mesmo na bronca com a arbitragem, atletas destacam luta do time com um homem a menos por quase todo o jogo

Santa Cruz x Pesqueira, no ArrudaSanta Cruz x Pesqueira, no Arruda - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Após o empate sem gols com o Pesqueira, no estádio do Arruda, os jogadores do Santa Cruz valorizaram o resultado mesmo não conseguindo vencer dentro de casa. Para eles, a expulsão direta do volante Luiz Otávio logo aos sete minutos do primeiro tempo prejudicou a estratégia de jogo montada pelo técnico Júnior Rocha. Na bronca com a arbitragem, os atletas se queixaram do rigor da decisão, mas minimizaram a polêmica.

Leia também: 

Júnior Rocha destaca superação e vê Santa Cruz superior 

Com um a menos, Santa fica no empate com o Pesqueira 

Vice-presidente de futebol detona arbitragem: "Desastre" 

O lateral-esquerdo Henrique Ávila reclamou do árbitro da partida, mas preferiu não culpá-lo. “É claro que jogar com um a menos prejudica. O juiz deixou um pouco a desejar e ainda aliviou em alguns lances. Mas o empate não foi um mau resultado. Nós tentamos bastante e criamos oportunidades”, declarou o camisa 6 logo depois do jogo.

Estreante, o volante Leandro Salino destacou a desenvoltura da equipe durante os 90 minutos e também opinou sobre a interpretação do árbitro. “Acho que o amarelo era bem visto. Mas não podemos ficar reclamando. Acho que jogamos bem, nos entregamos e esse ponto foi importante”, afirmou o recém-contratado. 

Veja também

Satisfeito, Hélio dos Anjos afirma que 'busca por competitividade' provocou mudanças
Náutico

Satisfeito, Hélio dos Anjos afirma que 'busca por competitividade' provocou mudanças

São Paulo tem gol anulado 2 vezes, empata com Ceará e perde chance de ser líder
Futebol

São Paulo tem gol anulado 2 vezes, empata com Ceará e perde chance de ser líder