Artes e monumentos históricos no nosso caminho no Recife

Durante três domingos, a Folha de Pernambuco trará algumas dessas artes no Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes

Uma Quase Dupla Uma Quase Dupla  - Foto: YouTube / Reprodução

Pedaços da história estão na ruas. No caminho para o trabalho, perto da faculdade ou na praça bem ao lado da sua casa. São monumentos que você vê todo dia e talvez não conheça. Segundo especialistas, faltam políticas públicas e também consciência da população sobre eles. Durante três domingos, a Folha de Pernambuco trará algumas dessas artes no Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes. Nesta edição você fará um passeio por pontos importantes da Capital. Conheça abaixo três pontos históricos


Cinco Continentes - Aeroporto dos Guararapes
O painel batizado de Cinco Continentes é uma obra de 2004 assinada pelo paraibano João Câmara Filho. Fica localizada no hall do Aeroporto Internacional dos Guararapes, na avenida Mascarenhas de Morais, Imbiribeira. A peça tem cerca de 20 metros de largura, por 3,5 metros de altura. Traz figuras humanas voadoras, com menções também ao dirigível Zeppelin, aves e também ao papagaio utilizado por crianças.

Parque das Esculturas - Bairro do Recife
Construído em 2000 sobre o molhe do porto do Recife, diante do Marco Zero. A inciativa se deu em comemoração aos 500 anos do descobrimento do Brasil. São cerca de 100 esculturas do artista Francisco Brennand, sendo a principal obra batizada de Coluna de Cristal. A estrutura conta com 32 metros de altura, sendo confeccionada em argila e bronze. A peça mais recente é uma serpente marinha, com 22 metros de comprimento e 1,4 metros de largura. Essa ainda aguarda inauguração oficial.

Memorial aos Retirantes - Boa Viagem
Peça concebida por Abelardo da Hora, em 2008, está localizada no parque Dona Lindu, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O equipamento faz homenagem à mãe do ex-presidente Lula, Eurídece Ferreira de Melo, conhecida como Dona Lindu, que saiu de Caetés, no interior de Pernambuco, para São Paulo levando com ela os oito filhos. A ideia é retratar o dilema de nordestinos, obrigados a deixar a terra em direção ao Sudeste, em busca de emprego e melhores condições de vida.

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria