Beija-Flor vence disputa do sambódromo do Rio de Janeiro

Favorita nas redes sociais, Paraíso do Tuiuti fica em segundo lugar

Desfile da Beija-Flor, no Rio de Janeiro, chamou atenção um alerta para a crescente onda de violênciaDesfile da Beija-Flor, no Rio de Janeiro, chamou atenção um alerta para a crescente onda de violência - Foto: Mauro Pimentel / AFP

A escola de samba Beija-Flor de Nilópolis acaba de ser anunciada, nesta quarta (14), campeã do Grupo Especial no Rio. A disputa foi apertada. A Paraíso do Tuiuiti ficou em segundo lugar, num resultado histórico.

Leia também:
Protestos contra o governo marcam desfile da escola de samba Paraíso da Tuiuti
Nomes, histórias e mãos por trás das escolas de samba

A Beija Flor optou por enredo com forte crítica social, uma linha também seguida pela Mangueira e pela Paraíso do Tuiuti. Com o título "Monstro é aquele que não sabe amar - os filhos abandonados da pátria que os pariu", o enredo traçou um paralelo entre o romance "Frankenstein", que acaba de completar 200 anos, e as mazelas sociais brasileiras. A Beija Flor falou de corrupção, desigualdade, violência e intolerâncias (de gênero, racial, religiosa e até esportiva), que formariam um cenário "monstruoso".

Veja também

Olinda inicia processo de matrícula 2021 para a rede municipal
Educação

Olinda inicia processo de matrícula 2021 para a rede municipal

Chefe da Polícia Civil que investiga caso Beto Freitas é a 1ª mulher na função no RS
Beto Freitas

Chefe da Polícia Civil que investiga caso Beto Freitas é a 1ª mulher na função no RS