Carro entra em chamas após colisão na Imbiribeira

Segundo o dono da Land Rover, a colisão ocorreu porque ele parou bruscamente o carro, quando dois elementos tentaram o assaltar

Fiat Toro entrou em chamas e teve perda total Fiat Toro entrou em chamas e teve perda total  - Foto: Matheus Moura/Folha de Pernambuco

Um acidente envolvendo dois veículos aconteceu próximo à Comunidade do Pocotó, Imbiribeira, na tarde desta quinta-feira (22). Um Fiat Toro entrou em chamas após colidir na traseira de uma Land Rover. O caso aconteceu dentro do Viaduto Presidente Tancredo Neves, por volta das 15h40.

Segundo o dono da Land Rover, Thiago Aloísio, 37, a colisão ocorreu porque ele parou bruscamente o carro, quando dois elementos armados, se aproximaram e tentaram assaltá-lo.

Leia também:
Vítima do acidente de kart vai passar por cirurgia em SP
Motorista que ocasionou acidente na BR-101 é liberado após audiência de custódia

Wellington Luis, 42, dono do Fiat Toro, não estava presente no momento do acidente e chegou ao local para ajudar o filho, Pedro Luis, 22, que conduzia o veículo. A reportagem, ao chegar no local do acidente não encontrou o filho. Segundo o pai e responsável pelo carro, Pedro foi levado para casa, com fortes dores no peito pelo impacto do acidente. O jovem de 22 anos possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Com a tentativa de assalto frustrada e o carro em chamas, os assaltantes fugiram assustados.

Não houve vítimas. Os motoristas não tiveram ferimentos graves e estavam sozinhos nos carros. Às 17h50 os carros já haviam sido retirados do local e a via liberada.

Veja também

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"
Coronavírus

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres
Equidade

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres