Com água, Túnel da Abolição é liberado após bloqueio durante toda a manhã desta quinta

Os condutores que passariam pelo local estão sendo orientados por agentes da CTTU e devem fazer um desvio pela Avenida Caxangá

Problemas na rede de drenagem interditam Túnel da AboliçãoProblemas na rede de drenagem interditam Túnel da Abolição - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O Túnel da Abolição, localizado na Zona Oeste do Recife, amanheceu interditado na manhã desta quinta-feira (14). O túnel, que fica no cruzamento da rua Real da Torre com a Avenida Caxangá e liga a Zona Norte do Recife à Zona Oeste ficou alagado devido à problemas de drenagem.

A interdição foi até as 12h30, quando foi liberado o acesso pelo túnel, mesmo com água, mas que já está baixando, com a ativação das bombas de drenagem. Segundo a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), a recomendação é trafegar com cautela, já que o local ainda está com água neste início da tarde.

O bloqueio começou por volta das 23h50 dessa quarta-feira (13). Equipes da CTTU orientaram os motoristas que passavam pelo local. Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, uma equipe da manutenção foi acionada e irá "verificar o que houve no funcionamento das bombas do Túnel da Abolição".

As equipes de manutenção que atuam no local afirmaram que o problema foi causado por uma ruptura na fiação que alimenta as bombas de drenagem do túnel. O Grande Recife afirma que o dano foi sido causado por um ato de vandalismo. Os técnicos avaliaram que, após o conserto da fiação, a drenagem deve durar entre duas e três horas. Entretanto, não há previsão para conclusão do conserto. 

Durante a interdição, os condutores que passariam pelo local podiam fazer um desvio à direita pela Avenida Caxangá e, em seguida, entrar na rua Dezenove de Novembro ou acessar a Rua Manoel Bezerra pela Real da Torre.

Por causa da interdição do túnel, o trafego nas ruas adjacentes foi intenso na manhã desta quarta. O analista de TI Cléber Saraiva, 41, foi um dos prejudicados pelo trânsito lento. “O trânsito não pode ficar caótico por conta disso. Deveria existir um plano de contingenciamento que fosse executado nesse tipo de situação e não prejudicasse tanto as pessoas”, afirmou Cléber. Passei mais de uma hora em um trajeto que que normalmente faço em muito menos tempo”.

Veja também

Homem entra no hospital em Jaboatão como acompanhante e sai morto, denuncia familia
Denúncia

Homem entra no hospital em Jaboatão como acompanhante e sai morto, denuncia familia

Peru vai isentar viajantes de quarentena ao reabrir fronteiras

Peru vai isentar viajantes de quarentena ao reabrir fronteiras