Dois Terminais Integrados passam a operar com integração temporal a partir de sábado

Medida afetará 41 linhas de ônibus

Terminal Integrado (TI) Cosme e DamiãoTerminal Integrado (TI) Cosme e Damião - Foto: Emília Lucena/Arquivo Folha

A partir do próximo sábado (3), os Tterminais integrados (TIs) de Cosme e Damião, em Camaragibe, e de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, ambos na Região Metropolitana do Recife (RMR), passarão a realizar integração temporal. A mudança, afirma o Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano (GRCTM), mexerá diretamente com 41 linhas de ônibus e deverá beneficiar cerca de 15 mil usuários por dia.

Os passageiros que desembarcarem das linhas 2456 - TI Cosme e Damião/TI Camaragibe e 2459 - TI Cosme e Damião/TI Caxangá (Viana) no Terminal de Cosme e Damião em direção ao metrô deverão passar a catraca exclusivamente com o cartão Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) Trabalhador, Estudante, Livre Acesso ou Comum. No sentido contrário (metrô/TI), o usuário precisará, obrigatoriamente, embarcar pela porta dianteira dos ônibus e passar o cartão no validador do coletivo e girar a catraca.

Leia também:
BRT passa a entrar no Terminal da Joana Bezerra
Dúvidas e reclamações dos passageiros no sistema de integração temporal na Caxangá


A mesma operação acontecerá no Terminal de Prazeres para os usuários das linhas 161 - TI Aeroporto/TI Prazeres e 206 - TI Barro/TI Prazeres (Jordão). Os passageiros deverão descer no TI e seguir em direção à estação de metrô apresentando o VEM. Apesar de usar o cartão mais de uma vez, afirma o GRCTM, nenhuma passagem adicional será cobrada num intervalo de até duas horas.

A integração temporal será válida para outras 37 linhas [confira a lista abaixo]. Ou seja, o passageiro poderá, em até duas horas, sair do metrô e embarcar em uma das linhas do TI ou sair do metrô e pegar, do lado de fora do TI, uma das linhas que fazem parte da matriz de integração. O sistema é exclusivo para pagamento de passagem com o cartão VEM. Usuários que usarem dinheiro em espécie deverão pagar uma nova tarifa.

Confira as linhas que compõem a matriz de integração com o TI Cosme e Damião:

136 – UR 05/TI Tancredo Neves
202 – Barro/Macaxeira (Várzea)
203 – Zumbi do Pacheco/Barro (Loteamento)
245 – Dois Carneiros/TI Cavaleiro
256 – TI Cavaleiro/Loteamento Nova Esperança
303 – Curado II/Caxangá (BR-232)
520 – Macaxeira/Parnamirim
861 – TI Xambá/Joana Bezerra
1909 – TI Pelópidas/TI Joana Bezerra
2417 – Nova Morada/TI Caxangá
2426 – Torrões (Bacurau)
2432 – CDU (Várzea)
2442 – Jardim Primvaera (Vale das Pedreiras)/TI Caxangá
2488 – Vila da Fábrica/TI Caxangá
2490 – TI Camaragibe/TI Macaxeira

Além destas, todas as seis linhas de BRT que compõem o Corredor Leste/Oeste fazem parte desta matriz de integração:
2450 – TI Camaragibe (Cde da Boa Vista)
2480 – TI Camaragibe/Derby
2437 – TI Caxangá (Cde da Boa Vista)
2441 – EBRT BR-101 (Cde da Boa Vista)
2443 – EBRT BR-101/Joana Bezerra
2444 – TI Getúlio Vargas (Cde da Boa Vista)

Veja as linhas que fazem a matriz de integração com o TI Prazeres:

060 – TI Tancredo Neves/TI Macaxeira
069 – Conjunto Catamarã
071 – Candeias
101 – Circular (Cde da Boa Vista)
108 – Barro/Ceasa
118 – Prazeres/Boa Viagem
162 – Muribeca/TI Cajueiro Seco
183 – Ponte dos Carvalhos/TI Cajueiro Seco
196 – Nossa Senhora do Ó/TI Cabo
205 – UR 05/Barro (BR-101)
207 – Barro/Macaxeira
252 – Vila Rica/Jaboatão
261 – TI Jaboatão/Vila Piedade
370 – TI TIP/TI Aeroporto
825 – Jardim Brasil/Joana Bezerra
861 – TI Xambá/Joana Bezerra
1964 – TI Igarassu/TI Macaxeira

O Grande Recife Consórcio oferece a Central de Atendimento ao Cliente, através do 0800 081 0158, para dúvidas, sugestões e reclamações. Para reclamações, o GRCTM também disponibiliza um contato pelo Whatsapp, no 81 99488.3999.

Veja também

Pela última vez, Trump perdoa peru pelo Dia de Ação de Graças
EUA

Pela última vez, Trump perdoa peru pelo Dia de Ação de Graças

Lewandowski defende que governo apresente plano de vacinação contra Covid-19 e marca julgamento
vacina

Lewandowski defende que governo apresente plano de vacinação contra Covid-19 e marca julgamento