Em perseguição, polícia atropela seis pessoas em baile funk de São Paulo, dizem moradores

A Polícia Civil confirmou a ocorrência, mas não disse quantos foram atropelados nem o estado de saúde das vítimas

Polícia Civil de São Paulo Polícia Civil de São Paulo  - Foto: Divulgação

Ao menos seis pessoas foram atropeladas durante uma perseguição policial em Cidade Tiradentes (zona leste de São Paulo), segundo moradores da região. A ação ocorreu nas proximidades de uma festa conhecida como Baile das Casinhas, na madrugada de domingo (5).

De acordo com frequentadores do baile funk, os suspeitos passaram em alta velocidade com um carro e atropelaram algumas pessoas na rua Apóstolo Tiago Maior, onde a festa ocorre aos finais de semana. Na sequência, uma viatura da PM teria passado também em alta velocidade pelo local e atropelado frequentadores. Os moradores não sabem dizer quantas pessoas foram atingidas pelo carro dos suspeitos e quantas pelo dos policiais.

A Polícia Civil confirmou a ocorrência, mas não disse quantos foram atropelados nem o estado de saúde das vítimas. "Eu machuquei a mão, as duas pernas e a cintura. O carro da PM me atingiu e eu caí no chão. A viatura bateu na minha amiga, que estava do meu lado. Ela machucou o ombro. Não pararam para prestar socorro", conta uma estudante de 17 anos, levada por amigos ao Hospital Cidade Tiradentes.

Segundo ela, os mesmos policiais estavam horas antes dispersando o público do baile funk com bombas de gás lacrimogêneo. Dois jovens que estavam no veículo que fugia da PM, e que seria roubado, foram baleados por policiais na avenida Naylor de Oliveira, a 700 metros do baile funk.

Leia também:
Policiais militares são afastados após morte em outro baile funk de SP
Ações da polícia contra bailes funk acumulam abusos em SP
Moradores de Paraisópolis protestam contra mortes em baile funk


Segundo a polícia, um dos suspeitos, menor de idade, morreu no local. O outro foi socorrido e seu estado de saúde não foi divulgado. Ainda de acordo com a polícia, os dois possuem histórico criminal.

OUTRO LADO
A SSP (Secretaria da Segurança Pública), da gestão João Doria (PSDB), diz que que a Polícia Militar e o DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa) instauraram inquéritos e investigam a ação. "A Corregedoria da PM acompanha. Imagens serão analisadas e testemunhas, ouvidas."

A pasta diz que o confronto ocorreu após após abordagem a um veículo com registro de roubo. E que "quatro pessoas estavam no carro quando avistaram policiais e tentaram fugir para onde ocorria um baile funk. Na fuga, atropelaram algumas pessoas e bateram em um poste". Dois dos suspeitos fugiram, diz a nota.

Veja também

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado
meio ambiente

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana
Mariana

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana