Golpe na internet promete 13º do Bolsa Família; veja como se livrar de armadilhas na internet

Mensagem veículada no WhatsApp contém link malicioso e pede dados dos usuários. A Polícia Federal deu dicas para não cair em golpes;

WhatsApp WhatsApp  - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Um novo golpe que tem circulado na internet promete liberar o 13º salário para os beneficiários do programa Bolsa Família. O golpe foi divulgado por uma empresa de segurança digital e é repassado através do WhatsApp, aplicativo de troca de mensagens instantâneas. De acordo com a PSafe, empresa que identificou o golpe, no último dia 4 de julho, 180 mil pessoas já tinham acessado, recebido ou compartilhado o link malicioso.

A mensagem contém um aviso sobre um suposto início das inscrições para receber o 13º salário do Bolsa Família e um link (ganhardinheirodicas.com/bolsafamilia ou bolsafamilia.top) que dá acesso a uma página na internet. Os usuários que clicam no link são direcionados a um site que pede informações pessoais dos beneficiários, como nome completo, endereço e CPF.

Depois de conceder os dados, os beneficiários são orientados a compartilhar o link, ativar as notificações (o que faz com que a pessoa esteja exposta a outros golpes) e fazer downloads de arquivos maliciosos.

Leia também:
Brasil lidera em temor de fake news e adesão ao WhatsApp, diz pesquisa
Famílias do Bolsa Família vão receber alerta contra trabalho infantil
Facebook enfrentará reguladores para implementar projeto de criptomoeda

Segundo a Polícia Federal, os dados coletados podem ser usados para compras com cartão de crédito, abertura de contas bancárias, contratos de empréstimo, entre outros golpes que podem afetar negativamente a vida dos usuários.

Como se livrar dos golpes na internet

Giovani Santoro, chefe de comunicação da PF em Pernambuco, afirma que programas do Governo Federal são frequentemente utilizados por criminosos como plano de fundo dessas ações criminosas. “Os golpes costumam estar relacionados à temáticas que chamam muita atenção, como o Bolsa Família, prêmios e sorteios”, disse Santoro.

Em nota, a Polícia Federal listou uma série de cuidados que devem ser tomados ao navegar na internet. De acordo com a PF, essas precauções são fundamentais para não cair em golpes e malwares. Confira algumas dicas:

1 - Ao receber mensagens desse tipo, é preciso desconfiar sempre;

2 - Não clique em links enviados sem antes verificar no site oficial da empresa ou do órgão do governo sobre a veracidade do que está sendo oferecido, como brindes, ofertas, descontos e benefícios duvidosos. Nenhum órgão do governo se comunica com seus beneficiários por meio do WhatsApp;

3 - Não compartilhe links duvidosos sem antes saber se são autênticos;

4 - Não faça downloads de arquivos provenientes de links suspeitos;

5 - Nunca preencha cadastros ou pesquisas fornecendo seus dados pessoais em links enviados pelo WhatsApp;

6 - Mantenha um bom antivírus instalado no celular;

7 - Na dúvida, você pode checar se um link é seguro na página: psafe.com/dfndr-lab/pt-br/

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria