Greta Thunberg é a personalidade de 2019 para a revista Time

A adolescente sueca de 16 anos ficou famosa por ser a porta-voz da campanha pela emergência climática

Greta Thunberg é a personalidade de 2019 segundo a revista TimeGreta Thunberg é a personalidade de 2019 segundo a revista Time - Foto: Reprodução/Time

A ativista ambientalista Greta Thunberg foi escolhida como a Pessoa do Ano de 2019 pela Time, anunciou a revista nesta quarta-feira.

Leia também:
Bolsonaro chama Greta de 'pirralha' e diz ser contra desmatamento ilegal
Greta Thunberg rejeita prêmio ambiental

A adolescente sueca de 16 anos se viu no papel de porta-voz de uma geração assustada pela emergência climática desde sua campanha individual contra o aquecimento global do lado de fora do parlamento da Suécia no ano passado. A capa da revista tem uma foto de Thunberg com a manchete "O Poder da Juventude".

"Não podemos continuar vivendo como se não houvesse amanhã, porque há um amanhã. É tudo o que estamos dizendo", disse Thunberg à Time.

A revista entrevistou Thunberg a bordo do veleiro que a levou dos Estados Unidos para a Europa após uma agitada viagem de 11 semanas por várias cidades americanas e do Canadá.

Thunberg enviou sua mensagem de maneira direta - "ouçam os cientistas" - aos tomadores de decisão globais, acusando-os de inação ante a crise climática.

A ativista sueca se encontrava em Madri no momento em que o prêmio foi anunciado, pois participa na cúpula do clima da ONU encarregada de salvar o mundo do aquecimento global descontrolado.

"As políticas de ação climática são tão arraigadas e complexas quanto o próprio fenômeno, e Thunberg não tem uma solução mágica", escreveu Time na entrevista.

"Mas ela conseguiu criar uma mudança de atitude global, transformando milhões de ansiedades vagas no meio da noite em um movimento mundial que pede mudanças urgentes. Ela ofereceu um apelo moral aos que estão dispostos a agir e envergonhou os que não estão".

Conheça os últimos escolhidos para Pessoa do Ano

2018: 'Os guardiões' (jornalistas perseguidos)

2017: Movimento contra o assédio

2016: Donald Trump

2015: Angela Merkel

2014: Equipes que combatem o vírus ebola

2013: Papa Francisco

2012: Barack Obama

2011: 'O manifestante' (pessoas que protestaram contra líderes autoritários, como na Primavera Árabe)

2010: Mark Zuckerberg

Veja também

Fogos em nove fazendas destruíram 141 mil hectares no Pantanal
Pantanal

Fogos em nove fazendas destruíram 141 mil hectares no Pantanal

China promete neutralidade em carbono até 2060
Meio Ambiente

China promete neutralidade em carbono até 2060