Janeiro Branco: alimentos importantes para uma boa saúde mental

Campanha, este mês, lembra a importância da saúde mental para uma boa qualidade de vida e bem-estar.

Rafael Coelho,  e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @rafaelcoelhomed | Facebook: /rafaelcoelho |Rafael Coelho, e-mail: [email protected] | Instagram: @rafaelcoelhomed | Facebook: /rafaelcoelho | - Foto: divulgação

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar

Estamos no Janeiro Branco. Mês de lembrar da importância da saúde mental para uma boa qualidade de vida e bem-estar. Segundo pesquisa da Universidade de Melbourne, na Austrália, pessoas que se alimentam de frutas, verduras, castanhas, peixes, mariscos, se hidratam bem, têm índice de redução em 35% de ter depressão. E fica o alerta: excesso de açúcar pode simular estado de ansiedade e pânico nos indivíduos. Os alimentos processados também contribuem com distúrbios da saúde mental. Segundo o Ministério da Saúde, 24 milhões de pessoas sofrem com a depressão na América latina. O nosso corpo produz serotonina, um neurotransmissor, que oferece ao nosso cérebro a sensação de bem-estar e melhora do humor. Vamos conferir alimentos que ajudam na formação da serotonina? Só esclarecendo que a medicação não deve ser excluída, caso tenha sido passada por um psiquiatra, bem como a terapia, do psicólogo.

1. A melancia, o abacate, o limão, mamão, tangerina – contém a substância triptofano, percussor da serotonina, regulando o humor. Recomendamos de 3 a 5 frutas por dia.

2. Iogurte – fonte de cálcio, diminui a irritabilidade

3. Maçã e Laranja – ricas em ácido fólico, sendo importante para controle de quadro de depressão. A laranja tem vitamina C, melhora o sistema nervoso, a fadiga e o estresse.

4. Castanha-do-Pará, nozes e amêndoas – fontes de selênio, um poderoso antioxidante, colaborando com a redução dos sintomas da depressão.

5. Banana e Abacate – tem carboidrato, magnésio, potássio e vitamina B6, produzindo energia e diminuem a ansiedade.

6. Ovo – fonte de tiamina e a niacina (do complexo B), bom humor em alta.

7. Aveia – alimento fibroso, bom para o intestino, combatendo a ansiedade e depressão.

95% dos nossos neurotransmissores são produzidos no organismo, portanto, vamos cuidar bem desse órgão tão importante para a nossa saúde mental.

Tenha sempre o corpo ativo fazendo alguma atividade física; pode ser dançar, nadar, correr, enfim, faça o exercício ou esporte que você gosta.

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro.

*Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico. Pautas para Jademilson Silva – Jornalista - DRT: 3468. E-mail: [email protected]

Veja também

Canadá vai regularizar os requerentes de asilo que lutaram contra a Covid-19
Coronavírus

Canadá vai regularizar os requerentes de asilo que lutaram contra a Covid-19

Mundo se esforça para conter pandemia que já infectou mais de 21 milhões
Coronavírus

Mundo se esforça para conter pandemia que já infectou mais de 21 milhões