Jornalista é assassinada em El Salvador

Karla Turcios tinha 33 anos e morreu supostamente por estrangulamento, o que ainda precisa ser conformado com a autopsia

Foto da jornalista Karla Lisseth Turcios na tela de um celularFoto da jornalista Karla Lisseth Turcios na tela de um celular - Foto: Marvin Recinos/AFP

A jornalista Karla Turcios foi encontrada assassinada depois de ser declarada desaparecida neste domingo (15), informou o jornal La Prensa Gráfica, que pertence ao grupo em que a comunicadora trabalhava. "Assassinaram a jornalista Karla Turcios", publicou o jornal La Prensa Gráfica em sua página no Twitter.

De acordo com o veículo de comunicação, o corpo da jornalista de 33 anos foi encontrado em uma rodovia carretera nas proximidades do povoado de Santa Rosa Guachipilín, 100 km de San Salvador. Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), a jovem morreu supostamente por estrangulamento, o que ainda precisa ser conformado com a autopsia.

Leia também:
Equador sustenta que jornalistas foram assassinados na Colômbia


O presidente Salvador Sánchez Cerén condenou o crime. "Ordenei a nossas autoridades de segurança que realizem uma urgente e efetiva investigação para levar os culpados à justiça o mais rápido possível", garantiu o presidente em sua conta do Twitter.

Veja também

Primavera Árabe, primeira revolução do smartphone
Mundo

Primavera Árabe, primeira revolução do smartphone

Parque temático japonês "Super Mario" será inaugurado em fevereiro
Mundo

Parque temático japonês "Super Mario" será inaugurado em fevereiro