Litoral pernambucano volta a ter chuva forte nas próximas 24h, diz Apac

Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata Norte e Sul de Pernambuco devem receber chuvas fortes nas próximas 24h

Chuvas provocam alagamentos na RMRChuvas provocam alagamentos na RMR - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

Após alguns dias de chuva fraca a moderada, a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) voltou a emitir alerta informando que pode chover forte durante as próximas 24 horas. De acordo com o comunicado enviado à imprensa no final da tarde desta quarta-feira (9), a precipitação deve contemplar a Região Metropolitana do Recife (RMR) e Zonas da Mata Norte e Sul de Pernambuco.

Leia também
Campanha no Recife recebe donativos para vítimas das chuvas de Bodocó
Chuvas provocam desabamentos de barreiras e partes de imóveis na RMR
[Fotos] Fortes chuvas inundam casas no bairro de Coqueiral no Recife


Das três regiões atingidas, a Mata Sul, segundo a Apac, será a mais afetada pelas fortes chuvas. “Este aviso meteorológico foi emitido devido aos acumulados mais significativos registrados no sistema, principalmente na Mata Sul, que já tem precipitações acima dos 50 mm em alguns postos”, alertou o meteorologista Roni Guedes.

Depois da Mata da Sul, a previsão é que as nuvens se desloquem em direção ao norte do Estado, atingindo também, com menos intensidade, a RMR e parte da Mata Norte. “O sistema deve se deslocar um pouco e pode pegar a RMR durante esta noite até a madrugada desta quinta, mas com menor intensidade. Então, por questão de risco decidimos deixar ciente as equipes da Defesa Civil”, disse o meteorologista, informando que o Grande Recife deve amanhecer sem chuva

   Chuvas intensas

Este é o primeiro alerta emitido pela Apac neste mês de maio. Em abril, o órgão chegou a enviar 12 comunicados para chamar atenção dos moradores do litoral pernambucano, principalmente os que residem em áreas de risco.

De acordo com a Apac, as fortes precipitações ocorridas nas últimas semanas são comuns durantes este período do ano. “As chuvas são esperadas porque estamos em um período chuvoso. É normal termos acumulados significativos nos meses de maio, junho e julho. As chuvas acima de 30 mm, que são as que causam alargamentos em alguns pontos das cidades afetadas, são mais comuns para esta época do ano do que nos meses anteriores”, informou Roni.

A Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe) orientou os moradores a monitorar áreas de risco e acionar o órgão caso necessário. A Defesa Civil do Recife também se colou à disposição por meio do telefone 0800.081.3400. 

Veja também

Mortes por Covid-19 têm mais relação com autônomos, donas de casa e transporte público
SÃO PAULO

Mortes por Covid-19 têm mais relação com autônomos, donas de casa e transporte público

Homem é preso na BR-232 com carro roubado após tentar fugir da PRF por 10 quilômetros
AGRESTE

Homem é preso na BR-232 com carro roubado após tentar fugir da PRF por 10 quilômetros