Manguezais às margens do Capibaribe passam por mutirão de limpeza

A estimativa é de que 15 toneladas de lixos e entulhos sejam retirados das áreas

A previsão é de que 15 toneladas de lixos e entulhos sejam retirados dos manguezaisA previsão é de que 15 toneladas de lixos e entulhos sejam retirados dos manguezais - Foto: Cezar Silva/Emlurb

Uma média de 15 toneladas de lixo e entulhos devem ser recolhidos dos manguezais às margens do Rio Capibaribe nos próximos dias. Pelo menos essa é a previsão da equipe de limpeza da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) que segue até a quinta-feira (27) em mutirão para realização de limpeza das áreas que ficam no trecho da Casa da Cultura, entre a Ponte velha e a Ponte de Ferro; ao longo do Cais José Estelita e também na Avenida Prefeito Artur Lima Cavalcanti, continuação da Rua da Aurora.

De acordo com a Emlurb a limpeza nos manguezais que margeiam o Capibaribe acontece todos os meses, com intervenções ao longo da Rua da Aurora, no trecho entre a Rua da Imperatriz e a Avenida Norte; na área que fica em frente ao Paço Alfândega, no Bairro do Recife; Cais José Estelita; Cabanga e nos bairros da Jaqueira e Poço da Panela.





Leia também:
CPRH fiscalizará ocupações irregulares em manguezais no Janga
Campanha da ONU promove mutirões de limpeza de praias
Emlurb retira 137 toneladas de lixo dos mangues
Lixões continuam a crescer no Brasil, mostra levantamento
Pescadores unidos pela limpeza do rio Capibaribe

Resíduos flutuantes

A cargo do Ecobarco, o trabalho de limpeza dos resíduos flutuantes do Rio Capibaribe também integra as ações de limpeza, com equipamento que atua em todos os trechos navegáveis do rio, no Recife - incluindo as ilhas do Centro do Recife, a Zona Norte até a BR 101 e a bacia do Pina e seus afluentes. A cobertura é de aproximadamente 35 quilômetros.

A maioria do lixo removido é de garrafas plásticas, mas, em algumas ocasiões, também são encontrados colchões, móveis, sapatos e peças de aparelhos eletrônicos (como TV e computador).

Veja também

Infecções prévias podem gerar células que combatem o novo coronavírus, diz estudo
Coronavírus

Infecções prévias podem gerar células que combatem o novo coronavírus, diz estudo

Projeto de lei quer reduzir feriados prolongados
notícias

Projeto de lei quer reduzir feriados prolongados