Ministério reconhece situação de emergência em São José da Coroa Grande

O óleo atingiu também as praias de Barreiros, Tamandaré, Rio Formoso, Ipojuca, Cabo de Santo Agostinho e Paulista

Óleo foi retirado antes de atingir areia da praia de São José da Coroa GrandeÓleo foi retirado antes de atingir areia da praia de São José da Coroa Grande - Foto: Diego Nigro/Governo de Pernambuco

Foi declarada, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), situação de emergência no município de São José da Coroa Grande, que teve suas praias atingidas pelo óleo derramado no mar. A Portaria n. 2.499 foi publicada no Diário Oficial da União.

Com o reconhecimento federal de emergência, o município do litoral sul pernambucano pode solicitar auxílio para ações emergenciais à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). Os pedidos devem ser encaminhados via Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID).

O ministro do desenvolvimento Gustavo Canuto e o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, se reuniram na terça-feira (22), em Pernambuco, para tratar sobre ações emergenciais de resposta ao acidente ambiental. Além do estado, os dois passam por Maceió (AL) e Aracaju (SE) para avaliar as situações dos estados e as possibilidades de apoio da Defesa Civil Nacional

Leia também:
Grandes jornais internacionais repercutem 'mar de óleo' no Nordeste brasileiro
Óleo avança e chega à praia do Janga, em Paulista


Balanço das ações
Órgãos federais trabalham em parceria para conter os efeitos provocados pelo derramamento de óleo no Nordeste.

Segundo o ministro Gustavo Canuto, mais de 1,5 mil homens da Marinha, que trabalham na chamada Operação Amazônia Azul, além de outros 1,8 mil colaboradores contratados pela Petrobras para atuarem na limpeza das praias. Já o Ibama conta com apoio de cerca de 70 funcionários na região.

Na segunda-feira (21) foram liberado R$ 2,5 milhões pelo MDR para apoiar Sergipe na limpeza das praias afetadas pelo derramamento de óleo. federais poderão ser utilizados em serviços complementares para limpeza de praias, viabilização de pontos estratégicos de coleta (chamados localmente de ecopontos) e transporte do material. 

Além do município pernambucano, a Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência nos municípios baianos de Camaçari, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra e Lauro de Freitas.

Veja também

Histórico do papa sugere cautela ao pintá-lo como símbolo da defesa dos LGBTI
Vaticano

Histórico do papa sugere cautela ao pintá-lo como símbolo da defesa dos LGBTI

Traficantes de fósseis encontrados no Ceará são alvo de operação da PF
Investigação

Traficantes de fósseis encontrados no Ceará são alvo de operação da PF