Moradores da Cidade Tabajara protestam por morte de ajudante de pedreiro

Vítima foi assassinada com um tiro durante uma briga na praia de Bairro Novo, na tarde do domingo

Moradores da Cidade Tabajara, em Olinda, interditaram a PE-15, na noite desta segunda-feira (30), para protestar contra a morte de um ajudante de pedreiro de 22 anos que residia na localidade.

Durante o ato, iniciado por volta das 18h, pneus e entulhos foram queimados na pista que fica no sentido Paulista, ao lado do Terminal Integrado da PE-15. O congestionamento foi de aproximadamente seis quilômetros. Após 50 minutos, o bloqueio foi extinto pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Militar.

A vítima por quem os manifestantes pediram justiça foi assassinada com um tiro durante uma briga na praia de Bairro Novo, na tarde do domingo. Um colega do rapaz ficou ferido. A causa da confusão é investigada pela Polícia Civil.

Veja também

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"
Coronavírus

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres
Equidade

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres