Morre jovem baleado por PM durante protesto em Itambé

Edvaldo da Silva Alves, de 19 anos, faleceu na madrugada desta terça-feira (11)

Edvaldo da Silva Alves recebeu tiro à queima roupa durante protestoEdvaldo da Silva Alves recebeu tiro à queima roupa durante protesto - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O jovem Edvaldo da Silva Alves, de 19 anos, baleado por um policial militar durante um protesto no município de Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, morreu na madrugada desta terça-feira (11). Ele estava internado no  Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista. A família ainda não definiu o horário e local do enterro.

Edvaldo foi baleado por um PM durante um protesto mobilizado pela população na PE-75 para chamar atenção para a falta de segurança no município, no último dia 17 de março. O jovem foi baleado na virilha e arrastado para a viatura da Polícia Militar. 

Pessoas que participavam do ato filmaram tudo. Os policiais envolvidos na ocorrência foram afastados das ruas, estão em atividades burocráticas. Um inquérito administrativo foi aberto na Corregedoria-Geral da Secretaria de Defesa Social.

Leia mais
Jovem que levou tiro de PM está na UTI
Jovem baleado pela PM em Itambé sai do coma
Caso Itambé: irmão da vítima sofre ameaça de morte

O advogado da família do jovem, Ronaldo Jordão, chegou a denunciar, durante reunião extraordinária convocada pela Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a insegurança no município e na região.

O Governo de Pernambuco enviou uma nota lamentando o falecimento de Edvaldo e se solidarizando com os familiares. No documento, o Executivo Estadual diz que reafirma o seu compromisso em "desautorizar e impedir qualquer abuso de força por parte das polícias do Estado" e diz que fará o que estiver ao seu alcance para que todo o episódio seja esclarecido e que a Justiça seja feita.

A nota diz ainda que toda ocorrência será tratada com a firmeza e responsabilidade necessárias. "A apuração do ocorrido está em andamento, estando os policiais envolvidos no caso sendo devidamente investigados."

O documento ressalta ainda que, por meio da Secretaria de Saúde do Estado, foi prestada toda assistência médica qualificada a Edvaldo desde o momento do seu atendimento.

Vídeo do momento em que Edvaldo foi baleado revoltou internautas; assista

Veja também

Contágio acelerado completa 15 semanas no Brasil, indicam cálculos
Coronavírus

Contágio acelerado completa 15 semanas no Brasil, indicam cálculos

Vacina da Oxford preveniu pneumonia de Covid-19 em macacos
Coronavírus

Vacina da Oxford preveniu pneumonia de Covid-19 em macacos