Mulher é esfaqueada na cabeça em São Lourenço; Polícia acusa marido

Vítima recebeu três golpes na cabeça e está internada no Hospital da Restauração em estado grave

Hospital da RestauraçãoHospital da Restauração - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Uma mulher sofreu três golpes de facão na cabeça na madrugada desta quinta-feira (5), na comunidade da Muribara, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. De acordo com a Polícia, o marido, identificado como Valmir, é o autor do crime e está foragido. A vítima de 36 anos está internada no Hospital da Restauração (HR).

Quando chegou no HR, a mulher, ainda consciente, conversou com o sargento da Polícia Militar Milton Diniz. “O esposo estava querendo manter relações sexuais e ela não tava a fim. Como ela se negou, automaticamente ele começou com uma crise de fúria, onde tentou contra a vida da moça”, contou o sargento.

Leia também:
Decreto institui feminicídio nos boletins de ocorrência de Pernambuco
Brasil tem a quinta maior taxa de feminicídios do mundo
Assassinato de mulher no Rosarinho é apurado como feminicídio; veja vídeo
Política contra feminicídios tem lacunas


“Ela contou que se defendeu com a mão, e talvez tenha sido isso que impediu que ele fizesse um mal maior”, ressaltou. “Segundo ela, não sei se está querendo defendê-lo, ele é bom marido, e nunca tinha tido outras agressões antes. Disse também que essa foi a primeira vez que ele a agride”, contou o sargento Diniz. O casal mora junto há cinco anos, em união estável, e tem um filho de quatro anos.

O homem chegou na casa por volta de 1h da manhã, sob efeito de álcool. Ao ter seu pedido negado, pegou um facão e foi em direção a mulher. A mulher foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Lourenço, mas, por seu estado grave, às 3h da manhã, foi transferida ao Hospital da Restauração (HR). A vítima, que também foi atingida no braço, segue consciente e estável. Apesar dos ferimentos, a mulher passa bem.


Veja também

Fernando de Noronha confirma mais seis casos de Covid-19
Coronavírus

Fernando de Noronha confirma mais seis casos de Covid-19

Carro-bomba mata 30 membros das forças de segurança afegãs
Atentado

Carro-bomba mata 30 membros das forças de segurança afegãs