Namorado mentiu em depoimento sobre desaparecimento de jovem, diz irmão

Em novo esclarecimento à polícia, ele contou outra versão da história

Alana Sá BarretoAlana Sá Barreto - Foto: divulgação

O namorado de Alana Sá Barreto, de 17 anos, desaparecida desde o último domingo (19), mentiu sobre o caso em depoimento à polícia do Rio de Janeiro. De acordo com o irmão da adolescente, Samuel Barreto Júnior, em um primeiro momento, o rapaz de 20 anos contou que não sabia que Alana viajou sem avisar ninguém e alegou que ela fugiu dele. Depois, entrou em contato com a família e revelou que mentiu em seu depoimento. Ouvido novamente, disse que sabia da fuga e também que ajudou a jovem fugir na última segunda-feira (20).

As investigações estão desde a última quarta-feira (21) sob responsabilidade do setor de inteligência da Polícia Civil do Rio de Janeiro e em sigilo. O irmão de Alana afirma que a família não tem nenhuma informação sobre a jovem desde segunda.

Leia também:
Adolescente de 17 anos desaparece no Recife e família pede ajuda
Jovem desaparecida embarcou para o Rio de Janeiro, diz irmão
Adolescente desaparecida teria ido ao RJ encontrar namorado e seguir carreira musical


"Ele falou novamente com a polícia e disse que sabia que ela tinha fugido, a ajudou a sair do Recife para o Rio de Janeiro e a fugir na segunda-feira, que foi a última vez que tivemos alguma informação sobre ela, mas não sabe para onde e nem com quem", completou o irmão.

A polícia pediu para a família não entrar mais em contato com o namorado. "Ele está colaborando em partes. Mentiu e a gente acredita que ainda esteja mentindo em alguns pontos. Está colaborando no que ele acha que deve colaborar", finalizou Samuel.

Veja também

Trump dá indulto a ex-conselheiro que se disse culpado
internacional

Trump dá indulto a ex-conselheiro que se disse culpado

Grupo reúne empresários em SP para prestigiar governo Bolsonaro
brasil

Grupo reúne empresários em SP para prestigiar governo Bolsonaro