No AM, morre mais um índio vítima do novo coronavírus

O indígena tinha 67 anos e estava hospitalizado desde o dia 13 de abril

Teste de CoronavírusTeste de Coronavírus - Foto: BRUCE BENNETT / GETTY IMAGES NORTH AMERICA vi

Morreu mais um índio vítima do novo coronavírus nesta sexta-feira (17), no Amazonas, confirmou a secretaria especial de saúde indígena, do Ministério da Saúde.

O indígena tinha 67 anos e estava hospitalizado desde o dia 13 de abril, após ter os primeiros sintomas detectados pela equipe de saúde de Parintins.

Tuxaua (liderança) da etnia Sateré-Mawé, da aldeia São benedito, na terra indígena Andirá/Maraúm, em Maués, no Amazonas, ele recebeu a visita de um filho que reside em Salvador, o qual chegou na aldeia apresentando tosse.

Leia também:
Brasil tem mais de duas mil mortes pela Covid-19 e bate recorde de novos casos
Amazonas instala contêineres para corpos de vítimas do coronavírus


De acordo com o Ministério da Saúde, todos os contatos do Tuxaua estão em isolamento domiciliar e sendo monitorados permanentemente por uma equipe exclusiva.

Na semana passada, já havia morrido um índio ianomâmi de 15 anos que havia testado positivo para o Covid-19 e estava internado no Hospital Geral de Roraima (HGR), em Boa Vista.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Câmara aprova medidas para proteger vítimas de violência doméstica
Violência Doméstica

Câmara aprova medidas para proteger vítimas de violência doméstica

Covid-19: pessoas com sintomas devem procurar atendimento imediato
Atendimento

Covid-19: pessoas com sintomas devem procurar atendimento imediato