Operação Lei Seca alerta sobre cuidados no trânsito

A blitz deve atender motoristas e motociclistas para alertar sobre os cuidados que devem ser tomados no trânsito e sobre a prevenção de acidentes

As ações fazem parte da Semana Nacional de Trânsito, que começou na última quarta-feira (18) e vai até o próximo dia 25. As ações fazem parte da Semana Nacional de Trânsito, que começou na última quarta-feira (18) e vai até o próximo dia 25.  - Foto: Vinícius Lucena/ Portal FolhaPE

Uma série de ações da Operação Lei Seca serão realizadas na Semana Nacional de Trânsito. No Recife, as ações acontecem nesta sexta-feira (20), na Avenida João Cabral de Melo Neto, no bairro da Estância, e no próximo sábado (21), na Avenida Governador Agamenon Magalhães.

A blitz, organizada pela Secretaria Estadual de Saúde e pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco, deve atender motoristas e motociclistas para alertar sobre os cuidados que devem ser tomados no trânsito e sobre a prevenção de acidentes.

As ações fazem parte da Semana Nacional de Trânsito, que começou na última quarta-feira (18) e vai até o próximo dia 25, e contam com a distribuição de materiais didáticos e o fornecimento de informações sobre segurança nas vias. O coordenador executivo da Operação Lei Seca em Pernambuco, major Felipe Gondim, afirma que “a realização de ações de conscientização realizadas para a população é uma das formas mais eficientes de diminuir o número de acidentes de trânsito. Não se trata de uma ação punitiva, mas sim educativa”.

Leia também:
Show de Bon Jovi no Recife terá esquema especial de trânsito
Educação de trânsito nos bares dentro da programação do Maio Amarelo
CNH: novas regras começam a valer a partir desta segunda


“A maioria dos acidentes são ocasionados pela não utilização de capacetes, uso de bebidas alcoólicas por parte dos condutores, a não utilização do cinto de segurança pelos motoristas e passageiros e, mais recentemente, o uso dos aparelhos celulares combinado à direção”, complementou Gondim.

Entre os motoristas atendidos pela ação realizada nesta sexta-feira (20) estava o promotor de vendas Márcio Clécio, que participou voluntariamente da mobilização e ressaltou a importância da conscientização. “Muita gente ainda ingere bebidas alcoólicas e vai dirigir, mesmo sabendo que é perigoso. Isso põe a vida de muita gente em risco, de pessoas inocentes que não têm nada a ver com a situação”, disse Márcio.

O caso de Thiago Saúde, motorista que sofreu um acidente de trânsito no ano de 2001 e desde então, se locomove com a ajuda de uma cadeira de rodas, serve como exemplo para os condutores que passam pela ação. Hoje agente educador da operação, Thiago conta que há 18 anos decidiu interromper uma viagem para beber cerveja. “Eu era um motorista irresponsável, parei pra beber e decidi seguir viagem depois. Então, dirigindo em alta velocidade, peguei no sono e capotei”, relatou. Thiago saiu com vida do acidente, mas sofreu as consequências. Desde 2011, quando iniciou-se a Operação Lei Seca, ele trabalha como agente educador e conta sua história para outros motoristas.

Os acidentes de trânsito são tratados como uma questão de saúde pública. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), em 2018, hospitais públicos de Pernambuco registraram 39,6 mil notificações de pacientes que sofreram lesões causadas por acidentes de trânsito, sendo 72% motivados por acidentes que envolviam motociclistas.

Veja também

Fiocruz: há melhora na disponibilidade de leitos de UTI para Covid-19
Coronavírus

Fiocruz: há melhora na disponibilidade de leitos de UTI para Covid-19

Menina de dez anos engravida após ser estuprada no ES
Crime

Menina de dez anos engravida após ser estuprada no ES