Operação Lei Seca celebra oito anos de funcionamento com novidades e ampliação

Entre as novidades apresentadas em solenidade nesta quarta-feira (11) está um projeto-piloto para estudantes de escola municipal

BafômetroBafômetro - Foto: Pixabay

Com oito anos de funcionamento, a Operação Lei Seca (OLS) será ampliada. Um projeto-piloto oriundo da operação será trazido para a Região Metropolitana do Recife (RMR) atingindo estudantes da escola municipal. As novidades da OLS foram anunciadas na manhã desta quarta-feira (11), em solenidade no Centro de Convenções, em Olinda.

O Programa Lei Seca Mirim tem o objetivo de conscientizar os jovens entre 9 a 14 anos de escolas municipais a aderirem hábitos e comportamentos seguros no trânsito. A ação era somente realizada em cidades do Interior do Estado, onde já foram realizadas quatro formaturas, nos municípios de São José do Belmonte e Serra Talhada , totalizando cerca de 400 alunos.

Também foram anunciadas como novidades a ampliação da interiorização das operações para as cidades do Agreste, Sertão e Zona da Mata, e a a nova sinalização das blitze com placas refletivas de 2,8 metros de altura para alertar motoristas durante os bloqueios itinerantes.

Leia também:
Operação Lei Seca alerta sobre cuidados no trânsito
Deputado autor da Lei Seca diz que “guerra não está vencida”


Atualmente, a OLS possui 14 equipes e atua de forma permanente e itinerante em todo o Estado, com sete bloqueios diários, todos os dias da semana, em horários variados. O estado de Pernambuco foi o primeira no País a realizar blitze em horários diurnos, com pontos de bloqueio pela manhã e à tarde.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, a ação de fiscalização e educação promovida pelas equipes da Lei Seca estão mais qualificadas e vão além do teste do bafômetro, incitando os motoristas a refletir sobre o comportamento no trânsito.

No total, cerca de 2,8 milhões de motoristas entre condutores de moto, ciclomotores, taxis, ônibus, automóveis e utilitários foram abordados ao longo dos oitos anos de funcionamento em Pernambuco.

Através da operação, até o momento, foram recolhidas 51.452 carteiras de Habilitação e 35.467 veículos foram rebocados. As infrações por alcoolemia somaram 48.324, sendo 36.605 por recusas ao teste do bafômetro, 9.815 constatações do uso de bebida alcoólica por motoristas e 1.904 crimes, quando a concentração de álcool no corpo caracteriza o crime de trânsito.

Durante a solenidade houve também a entrega de 47 medalhas para oficiais e praças com 10 e 20 anos de serviço efetivo, além de homenagem às pessoas que contribuíram nesses oito anos em defesa da vida no trânsito, como ex-secretários de Saúde de Pernambuco e ex-coordenadores da OLS. “A Lei Seca atua na perspectiva de defesa da vida realizando este trabalho a partir das ações de fiscalização e do trabalho educativo nas ruas", afirmou a vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos.

Confira algumas atitudes e comportamentos saudáveis no trânsito:

- Todos os ocupantes do veículo, adultos e crianças, devem usar o cinto de segurança inclusive no banco traseiro.
- Crianças de até sete anos e meio nos carros devem usar os equipamentos de proteção adequados à idade (bebê conforto, cadeirinhas ou assento de elevação).
- Pedestre deve sempre ser respeitado. Lembre-se: você também é pedestre.
- Dirigir embriagado reduz em até 25% o tempo de reação, aumentando o risco de acidentes. Se beber vá de ônibus, táxi ou carona.
- Bicicleta também é veículo, portanto deve respeitar a sinalização de trânsito. Motorista, mantenha uma distância segura de 1,5m ao ultrapassar ciclistas.
- Respeite os limites de velocidade. Reduza a velocidade em frente a escolas ou lugares de grande concentração de pedestre.
- Motociclista use sempre equipamentos de proteção: capacete, luvas, botas e jaqueta.
- Respeite as vagas reservadas para idosos e pessoas com deficiência. A gentileza melhora a convivência no trânsito.
- Não use o celular enquanto dirige. A distração é um dos principais fatores de risco para quem está ao volante.
- Dirigir cansado ou com sono é tão perigoso quanto dirigir alcoolizado. Pare e descanse antes de pegar a estrada.

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria