Operação policial desarticula bando de assaltantes de bancos e carros-fortes no Sertão

Na ação, três suspeitos ficaram feridos, foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos

Material apreendido com quadrilha de assaltantes em PetrolinaMaterial apreendido com quadrilha de assaltantes em Petrolina - Foto: PMPE/Cortesia

A Polícia Federal (PF) e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) confirmaram neste domingo (14) a realização de uma operação conjunta, que contou ainda com a participação da Polícia Militar da Bahia (PMBA), que desarticulou uma quadrilha de assaltantes de bancos e carro-fortes atuante no Sertão nordestino. Os detalhes da ação serão apresentados na manhã desta segunda-feira (15), na sede da PF no Recife.

De acordo com as forças policiais, por volta das 12h30 da última sexta-feira (12) foram informados que, em uma residência localizada no Condomínio Haras Pé de Serra 1, na zona rural de Petrolina, encontravam-se três suspeitos. Durante a abordagem, policiais federais e militares do Gati, Rocam, 5º Batalhão, Cipe e Caatinga-PMBA foram recebidos a tiros e se desenrolou um confronto.

Leia também:
Com tiroteio e explosão, ataque a carro-forte na BR-232 deixa feridos
Carro-forte e carro de criminosos capotam no Sertão

Os suspeitos foram alvejados e socorridos para o Hospital de Urgência da cidade. Nenhum dos três resistiu aos ferimentos. Eles foram identificados como Roque Alves Gondim, conhecido como Aleijado ou Boy, 37 anos; José Carlos de Barros, Quina, 27; e Aldenor Manoel de Aquino, 41. Naturais de Salgueiro (PE), Roque e José Carlos tinham vários mandados de prisão emitidos contra eles. Não foi informado qualquer mandado contra Aldenor, que era natural de Carnaubeira da Penha (PE).


Com os suspeitos, segundo a polícia, foram apreendidos um veículo Fiat Strada Working com placas clonadas de Murici (AL), utilizado em uma ação criminosa contra uma agência do Bradesco em Santa Filomena (PE) no último dia 8; um Ford Ka com placas de Belo Horizonte; uma carabina calibre .30MI; um carregador; 27 cartuchos calibre .30; uma pistola calibre .40 com dois carregadores e 14 cartuchos calibre .40; um revolver calibre .38 com cinco cartuchos deflagrados; R$ 2.054,50 em dinheiro; um saco com várias cédulas danificadas de R$ 20, R$ 50 e R$ 100; duas câmeras fotográficas; um aparelho de telefone celular; um par de luvas; duas camisas; uma touca tipo balaclava; um par de coturnos; e uma caixa com grampos de metal.

Todo o material apreendido foi apresentado na Delegacia de Polícia Federal de Juazeiro (BA).

Veja também

Infecções prévias podem gerar células que combatem o novo coronavírus, diz estudo
Coronavírus

Infecções prévias podem gerar células que combatem o novo coronavírus, diz estudo

Projeto de lei quer reduzir feriados prolongados
notícias

Projeto de lei quer reduzir feriados prolongados