Pacífico vive alerta de tsunami após forte tremor

Ondas entre um a três metros podem atingir os litorais das ilhas Salomão, Vanuatu, Papua Nova Guiné, Nauru, Nova Caledônia e Micronésia

Deputado estadual Waldemar Borges (PSB)Deputado estadual Waldemar Borges (PSB) - Foto: Jarbas Araújo/Alepe

Um forte tremor, de magnitude 7,7, foi registrado na madrugada de sexta-feira (tarde de quinta no Brasil, 8), com o risco de um tsunami que poderia afetar outras ilhas do Pacífico nas próximas horas, anunciou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

O epicentro do tremor, registrado às 04h38 locais de sexta-feira (15h38 de quinta-feira, hora de Brasília), foi situado 68 km a oeste de Kirakira, capital provincial das Ilhas Salomão, a 48 km de profundidade, informou a agência.

"No geral, a população desta região vive em estruturas vulneráveis a tremores de terra, embora existam algumas construções resistentes", destacou o USGS.

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico advertiu para a possibilidade de formação de ondas entre um a três metros que poderiam atingir os litorais das ilhas Salomão, Vanuatu, Papua Nova Guiné, Nauru, Nova Caledônia e Kosrae (na Micronésia).

Em 2013, um terremoto de magnitude 8 gerou um tsunami que deixou uma dezena de mortos e milhares de edifícios destruídos nas Ilhas Salomão.

Veja também

Contratos de namoro: um documento para rejeitar a união estável
Relacionamento

Contratos de namoro: um documento para rejeitar a união estável

Procurador-geral dos EUA diz não haver evidências de fraude decisiva nas eleições
Eleições nos EUA

Procurador-geral dos EUA diz não haver evidências de fraude decisiva nas eleições