Recife promove feira de projetos de ciências em escolas públicas

O evento, que reúne cerca de 900 escolas, segue até esta terça-feira (6)

Fecon 2019Fecon 2019 - Foto: Paulo H. / Secretaria de Educação do Recife

As escolas municipais localizadas no Recife sediam nestas segunda (3) e terça-feiras (4), a quinta edição da Feira de Conhecimentos da Rede Municipal de Ensino do Recife (Fecon). O evento reúne de 300 projetos de ciências de 900 estudantes das escolas públicas.

A feira está sendo realizada no Centro de Convenções, que fica no bairro de Salgadinho, em Olinda das 9h às 17h. A entrada é gratuita, e o evento aberto ao público. O objetivo da Fecon é fomentar o pensamento crítico e promover a troca de experiências de conteúdo científico, mobilizando os saberes produzidos pela rede escolar do Recife e o intercâmbio entre as unidades.

Na edição de 219, estão inscritos nove projetos de visitantes, entre eles, dois do Maranhão e um do Pará. Participam alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Travessia. São dez categorias de projetos. Os anos finais (6º ao 9º) apresentam projetos em cinco categorias de ciências: da saúde; biológicas; exatas e da terra; humanas; e sociais aplicadas; além de linguagem e meio ambiente. Os projetos dos alunos dos anos iniciais (1º ao 5º ano) são nas categorias de desenvolvimento científico; iniciação a pesquisa; e iniciação científica.

Leia também:
Avião faz pouso de emergência e fecha pista do Aeroporto do Recife
Recife, Goiana, Itamaracá, Lagoa de Itaenga e Paulista recebem Balcão de Direitos


Cada projeto concorre a 1º, 2º e 3º lugares, que receberão medalhas de ouro, prata e bronze. Os projetos que obtiverem 1º lugar, além de receber a medalha, levarão para escola de origem um troféu.

Projetos

Entre os projetos estão o “Permacultura: uma alternativa para evitar a extinção das abelhas”, da Escola Antônio Brito Alves (Mustardinha). Segundo a professora Taciane Santos, a Permacultura é um estilo de vida que ensina as pessoas a viverem de forma harmoniosa com a natureza. “É uma cultura permanente que utiliza princípios agrícolas e sociais focados no respeito e observação dos padrões dos ecossistemas naturais. “É uma resposta e alternativa para enfrentar as mudanças climáticas e o aquecimento global”, afirma a professora.


Confira a programação completa desta terça-feira (4):

Programação dos trabalhos a serem apresentados na Fecon 2019 by Folha de Pernambuco on Scribd

Veja também

Coronavírus deixa mais de 534 mil mortos no mundo
Coronavírus

Coronavírus deixa mais de 534 mil mortos no mundo

Homens são detidos com 19 quilos de maconha em Arcoverde
Sertão

Homens são detidos com 19 quilos de maconha em Arcoverde