Santuário do Cristo Redentor terá verba para restauração e manutenção

Projeto é fruto de parceria entre a Arquidiocese do Rio de Janeiro e a Federação do Comércio do Rio de Janeiro

Cristo Redentor, no Rio de JaneiroCristo Redentor, no Rio de Janeiro - Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A Arquidiocese do Rio de Janeiro e a Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio) assinaram convênio de parceria para restauração e manutenção do Santuário do Cristo Redentor do Corcovado e seu Monumento ao Cristo Redentor e, com isso, melhorar o turismo e o ambiente de negócios na cidade.

“Precisamos resgatar o sentimento de pertencimento do carioca. O Rio de Janeiro é nosso. Não há símbolo maior desta cidade do que este monumento”, disse o presidente da Fecomércio, Antonio de Queiroz Junior.

Leia também:
Apreendidos no Porto do Rio 43 kg de pasta de cocaína que iriam para Europa
Já pensou em casar aos pés do Cristo Redentor? Saiba os custos


De acordo com o vigário episcopal para Comunicação e Cultura da arquidiocese, o cônego Marcos William Bernardo, o acordo “é um ato de comprometimento com o que é nosso, que supera uma parceria entre a Igreja e uma instituição voltada para o comércio, mas é um contrato com a sociedade. Acreditamos que, por meio dessas relações, nós podemos deixar claro que o nosso Rio de Janeiro tem condições de superar os momentos críticos.”

A iniciativa faz parte do programa Empresas Apoiadoras do Cristo Redentor, que teve início em 2013 com o objetivo de motivar o apoio de instituições públicas e privadas para promover o turismo, manutenção, restauração da iluminação interna e externa do monumento, e até mesmo a viabilização de obras sociais.

Veja também

Governo de SP adota cautela e não confirma vacinação para início de dezembro
Coronavírus

Governo de SP adota cautela e não confirma vacinação para início de dezembro

Inadimplência em cursos de graduação cresce no 1º semestre no País
educação

Inadimplência em cursos de graduação cresce no 1º semestre no País